segunda-feira, 31 de maio de 2010

Estrada Regional do Pico, junto a São Caetano, reaberta ao trãnsito



O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que a estrada regional nº1, na ilha do Pico, junto à zona de São Caetano, está, desde as 20H00 de hoje, reaberta ao trãnsito automóvel.


GaCS/SF/SRPCBA

Governo avança com infra-estruturas de âmbito social na Ribeira Grande



O Governo dos Açores vai avançar ainda, nesta legislatura, com a construção do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) e com a construção de duas creches no concelho da Ribeira Grande, reafirmou hoje a Secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social, durante a abertura da Feira de Diversão 2010, um evento promovido pela Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, no âmbito do Dia Mundial da Criança.

“Numa altura em que há tanto negativismo e pessimismo, o Governo continua com grande energia e muito motivado para continuar a fazer sempre mais e melhor em prol daqueles que mais necessitam”, acrescentou a governante regional.

Recorde-se que recentemente foi publicado em Diário da República o concurso público destinado à construção do edifício do CAO da Ribeira Grande, uma obra orçada em 1.950.000,00 euros e que tem como prazo de execução um ano e quatro meses.

Destinado a jovens e adultos com deficiência grave ou profunda a partir dos 16 anos, o futuro CAO, possuirá salas de actividade, ginásio, tanque de reabilitação, sala de snozelen, espaços de recreio, áreas técnicas, de serviço e jardim.

Referindo-se à construção de duas creches no concelho da Ribeira Grande, Ana Paula Marques considerou estes investimentos como “prioritários” para o apoio às famílias.

Na ocasião, a Secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social teceu, ainda, fortes elogios ao trabalho desenvolvido pela Santa Casa da Misericórdia em prol da comunidade ribeiragrandense.




GaCS/SM

Intercâmbio de ATLs assinala Dia da Criança



Um intercâmbio entre as crianças que frequentam ateliers de tempos livres da ilha Terceira assinalou hoje, em São Sebastião, o Dia Mundial da Criança e o Ano Internacional de Luta contra a Pobreza.

A iniciativa, organizada na Casa do Povo daquela vila, contou com o apoio de Governo Regional e proporcionou a cerca de seis dezenas de crianças um conjunto de actividades que incluiu a apresentação de uma peça de teatro infantil.

A Directora Regional da Solidariedade e Segurança Social que esteve presente, em representação do Presidente do Governo, considerou a iniciativa muito interessante, pelo convívio e troca de experiências que proporcionou.

Paula Ramos disse ainda que, para as crianças, a possibilidade de mostrar os resultados das suas actividades ocupacionais é estimulante e o contacto com os outros potencia um maior conhecimento de realidades diferentes.



GaCS/FA

Concurso de ideias assinala “Dia Mundial Sem Tabaco”




A Direcção Regional de Prevenção e Combate às Dependências assinala, hoje, o “Dia Mundial Sem Tabaco”, com o lançamento de um concurso de desenhos, pinturas e colagens destinado aos alunos do 4º ano.

Esta iniciativa tem como objectivo fomentar a consciencialização da comunidade escolar sobre os benefícios de uma vida saudável.

Segundo Paula Costa, Directora Regional de Prevenção e Combate às Dependências, as crianças poderão concretizar os conhecimentos adquiridos sobre os malefícios do tabagismo e os benefícios de ser um não-fumador, bem como utilizar a criatividade para alertar os adultos sobre as vantagens de uma vida sem tabaco.

Serão seleccionados 12 trabalhos que irão compor um calendário para o ano 2011, que será lançado no próximo dia 27 de Novembro, “Dia Nacional do Não fumador”.


GaCS/RC

Presidente do Governo cria grupo de trabalho para preparar proposta legislativa no domínio da reabilitação e inclusão das pessoas com deficiência



O Presidente do Governo decidiu criar um grupo de trabalho para preparar uma proposta legislativa com vista à concretização nos Açores dos “princípios e objectivos” previstos na Lei de Bases da Prevenção, Habilitação, Reabilitação e Participação das Pessoas com Deficiência e dos “princípios gerais no âmbito da acção social”.

No seu despacho, com data de 27 de Maio, Carlos César justifica esta iniciativa com o facto da Região não ter, até à data, “um regime jurídico que adapte a problemática da reabilitação e a promoção da inserção na sociedade das pessoas com incapacidades e deficiências à sua concreta realidade”.

Alega ainda que, para promover a reabilitação e a inclusão na sociedade de pessoas com incapacidades ou deficiências, é necessário, entre outras medidas, “fomentar oportunidades na educação, formação e no trabalho ao longo da vida, contribuir para o acesso aos serviços e produtos de apoio, erradicar as barreiras e adoptar medidas que contribuam para a participação das pessoas com incapacidades ou deficiências”.

Para Carlos César, esse objectivo “será melhor atingido através de uma actuação concertada entre os diferentes departamentos do Governo Regional”, razão pela qual determina também que aquele grupo de trabalho seja constituído por representantes de oito Direcções Regional.

Com um representante cada, fazem parte deste grupo de trabalho as Direcções Regionais da Organização e Administração Púbica, da Educação, do Desporto, da Ciência, Tecnologia e Comunicações, dos Equipamentos e Transportes Terrestres, do trabalho, Qualificação Profissional e Defesa do Consumidor, da Solidariedade e Segurança Social, da Igualdade de Oportunidades e da Saúde.

O mesmo despacho adianta ainda que caberá à Secretaria Regional do Trabalho e Solidariedade Social “coordenar o funcionamento do grupo de trabalho e apresentar ao Presidente do Governo”, no prazo de 60 dias, “a proposta legislativa elaborada em resultado dos trabalhos desenvolvidos”.


GaCS/FG

Governo investe mais 2,5 milhões de euros em acessibilidades e abastecimento de água à lavoura



O Governo dos Açores lançou, a concurso público, a empreitada de beneficiação e execução da rede de abastecimento de água dos caminhos agrícolas do Vale Grande e do Marquês, no Perímetro de Ordenamento Agrário (POA) da Zona Central da ilha de São Miguel.

Este investimento público de cerca de 2,5 milhões de euros, vai beneficiar 250 empresários agrícolas, servindo uma área de pastagem de 610 hectares, dos concelhos da Povoação, Vila Franca do Campo e Ribeira Grande.

Dos trabalhos, constam a construção dos caminhos em betão betuminoso, numa extensão total de 8,3 quilómetros e a melhoria da rede de drenagem e a sua adaptação ao Sistema Integrado de Abastecimento de Água, com a construção de cerca de dez quilómetros de condutas.


GaCS/MS

Estrada Regional interrompida na ilha do Pico devido as derrocadas



O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, na sequência de duas derrocadas que se verificaram na Estrada Regional nº 1, 2º, ilha do Pico, o trajecto entre a Piedade e a Silveira está interrompido ao trânsito.

A circulação deverá efectuar-se pelo centro da Vila das Lajes do Pico.

Mais se informa que, se encontram no local, equipas e máquinas da SRCTE, a proceder aos trabalhos de limpeza e desobstrução.


GaCS/SF/SRPCBA

Governo dos Açores apoia Operação Nariz Vermelho



O Governo dos Açores, através da Direcção Regional da Juventude, associa-se às Escolas Superiores de Enfermagem de Ponta Delgada e de Angra do Heroísmo nas comemorações do Dia Mundial da Criança, promovendo a Operação Nariz Vermelho, que ocorre de 31 de Maio a 3 de Junho de 2010.

Esta iniciativa é realizada por Mark Mekelburg, também conhecido por Dr. P.P.P.Pipoca, e ocorrerá nas ilhas de São Miguel e Terceira. O objectivo é possibilitar às crianças hospitalizadas um momento de alegria.

Paralelamente, ocorrerá uma série de Workshops direccionados às empresas, escolas, aos profissionais de saúde, às organizações governamentais e às não governamentais, que no seu dia-a-dia trabalham em prol dos jovens e crianças e que têm como fim incentivar para a criatividade e imaginação.

Ao apoiar iniciativas como esta, o Governo dos Açores reforça um dos objectivos definidos nas políticas de juventude açorianas, que visam a promoção de uma cidadania activa e responsável.


GaCS/SF/DRJ

Actividade de reprodução, criação ou detenção de espécies cinegéticas em cativeiro com novas regras



A actividade de reprodução, criação ou detenção de espécies cinegéticas em cativeiro está sujeita, a partir de agora, a novas regras no arquipélago.

Nos termos de uma portaria do Secretário Regional da Agricultura e Florestas, hoje publicada em Jornal Oficial, a autorização daquelas actividades fica sujeita à emissão pelos serviços oficiais competentes de alvarás de reprodução e criação e de alvarás de detenção.

O primeiro caso aplica-se à reprodução em cativeiro de espécies cinegéticas e à sua produção até qualquer fase de desenvolvimento e o segundo somente à detenção em cativeiro de exemplares de espécies cinegéticas, originários de outras proveniências, independentemente da sua fase de desenvolvimento.

De acordo com este diploma, pode ser permitida a reprodução, criação e detenção das espécies cinegéticas em cativeiro perdiz-vermelha (Alectoris rufa) e pato-real (Anas platyrhyncos) para fins científicos, didácticos, recreativos, de colecção, de utilização em campos de treino de caça, de repovoamento ou reforços cinegéticos e ainda para consumo alimentar ou produção de penas.

A autorização do exercício dessas actividades depende de requerimento pelo interessado ao serviço do departamento do Governo com competência em matéria cinegética, devendo constar no mesmo a identificação do requerente, os objectivos e fins da autorização requerida, a espécie objecto de autorização requerida, a localização das instalações e a proveniência dos animais para reprodução, criação ou detenção.

Nos alvarás, que são concedidos por espécie cinegética, constam nomeadamente o nome do titular, a localização da exploração, as autorizações emitidas, a actividade autorizada, as condições licenciadas quanto ao objectivo da exploração e à espécie cinegética, o número de reprodutores e a estimativa de produção, o número de exemplares a deter, a data de licenciamento e o prazo de validade.

Às explorações titulares de alvará de reprodução, criação e detenção é permitido o comércio, a cedência, transporte e exposição de exemplares vivos das espécies cinegéticas criadas em cativeiro, nos termos definidos no artigo 8.º do Decreto Regulamentar Regional n.º 4/2009/A, de 5 de Maio.

O diploma determina ainda que, à saída da exploração agro-cinegética, todos os animais que se destinam a fins científicos, didácticos, recreativos, de colecção, de utilização em campos de treino de caça, de repovoamento ou reforços cinegéticos têm de estar marcados com os brincos ou marcas que foram atribuídas ao titular do alvará de reprodução, criação e detenção.


GaCS/FG

Freguesia da Conceição no Faial limpa a orla costeira



A Junta de Freguesia da Conceição realizou na passada sexta-feira, dia 21 de Maio, uma acção de limpeza de resíduos na orla costeira daquela freguesia. Os resíduos recolhidos consistiram essencialmente em restos de madeiras, canas, folhagem e alguns plásticos.

Esta acção de limpeza e remoção de resíduos pretendeu não só dar-lhes um destino final adequado, como também promover uma melhoria paisagista de modo a potenciar a qualidade ambiental daquela área amplamente utilizada pela população, para lazer e como zona balnear.

A Junta de Freguesia da Conceição encontra-se inscrita no Concurso “Eco freguesias: Freguesia Limpa”, promovido pela Secretaria Regional do Ambiente e do Mar. Os principais objectivos deste concurso são promover os bons comportamentos ambientais e reconhecer e distinguir os esforços das Juntas de Freguesia nas áreas da limpeza, remoção e destino final dos resíduos.

A remoção de resíduos efectuada na Praia da Conceição, insere-se no programa de divulgação e sensibilização ambiental “Açores Entre-Mares”, o qual decorre em todas as ilhas dos Açores, entre o dia 20 de Maio (Dia Europeu do Mar) e o dia 8 de Junho (Dia Mundial dos Oceanos).

Na ilha do Faial para o dia 5 de Junho estão previstas acções de limpeza de resíduos na orla costeira em todas as freguesias, as quais estão a ser coordenadas pelas Juntas de Freguesia, com o apoio da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar e da Organização Não Governamental para o Ambiente - “Azorica”.

Para colaborar na limpeza da sua freguesia, deve obter informações junto da sua Autarquia ou nos Serviços de Ambiente.



GaCS/SF/DRA

Projecto LIFE Priolo distinguido em Bruxelas



O projecto LIFE Priolo é distinguido hoje em Bruxelas, tendo sido escolhido para receber o galardão “Best of the Best - Nature” (Melhor dos Melhores – Natureza) atribuído aos cinco melhores projectos LIFE Natureza realizados por toda a Europa ao abrigo deste programa da Comissão Europeia (CE).

O programa europeu LIFE co-financia anualmente dezenas de projectos de conservação de espécies e habitats na Europa, sendo uma das principais ferramentas para a conservação da biodiversidade europeia actualmente ao serviço dos países da CE.

Desde 2008, a unidade LIFE da CE tem procurado distinguir os projectos “Natureza” que mais se destacaram, quer por terem alcançado os seus objectivos, quer pelas mais-valias que deles decorreram.

Dos mais de 70 projectos concluídos por toda a Europa durante o período de 2008-2009, a CE escolheu os 23 melhores projectos Natureza, entre os quais estão dois Portugueses: o projecto LIFE Priolo e o projecto LIFE IBAs Marinhas.

O LIFE Priolo foi agora escolhido como um dos cinco projectos “Best of the Best” (Melhor dos Melhores), prémio que será entregue hoje em Bruxelas no âmbito da Conferência “LIFE Nature & Biodiversity – Preparing the Future” (LIFE Natureza e Biodiversidade – Preparando o Futuro).

O Director Regional do Ambiente, Frederico Cardigos, que está em Bruxelas a participar num seminário sobre o futuro do financiamento do Programa LIFE+, estará presente na cerimónia de reconhecimento do projecto açoriano.

O priolo é uma pequena ave cujo habitat se confina à zona do Pico da Vara/Ribeira do Guilherme, em São Miguel, que estava ameaçada devido ao desaparecimento de boa parte da vegetação natural da ilha.

Entre outras medidas, a iniciativa agora premiada permitiu a intervenção ao nível da recuperação do habitat natural, incluindo a replantação de espécies endémicas num local entretanto ocupado por criptomérias, e a instalação de um pomar, importante para a alimentação das aves ao longo de todo o ano.

Foram também realizadas mais de 80 actividades destinadas à população escolar, abrangendo mais de 4.200 alunos, professores e funcionários.

Estas acções incluíram, entre outras iniciativas, palestras nas escolas, visitas ao projecto e concursos.

A participação em feiras diversas, exposições, passeios organizados, foram actividades abertas ao público em geral, tendo a equipa do projecto realizado ou participado em cerca de 135 destas iniciativas, que contaram com vários milhares de pessoas.



GaCS/FA/DRA

Secretaria Regional do Ambiente e do Mar interdita acesso à zona balnear da Ribeirinha



A Secretaria Regional do Ambiente e do Mar determinou a interdição do acesso à zona balnear da Ribeirinha, no concelho da Ribeira Grande.

De acordo com Álamo de Meneses, a decisão foi tomada após a conclusão dos trabalhos de vistoria que a direcção regional do Ordenamento do Território e dos Recursos Hídricos desenvolveu em diversos pontos da orla costeira de S. Miguel.

Efectivamente, no seguimento dos temporais que afectaram os Açores nos últimos meses registaram-se importantes estragos nas infra-estruturas do Porto da Ribeirinha, criando-se situações de grande instabilidade nas arribas sobranceiras a esta zona balnear. O perigo de queda de blocos e deslizamentos mantém-se, facto que poderia colocar em risco pessoas e bens.



GaCS/SF/SRAM

“Açores Entre-Mares” com bons resultados



As propostas do “Açores Entre-Mares”, que se realiza desde o Dia Europeu do Mar (20 de Maio) e se prolongará até ao Dia Mundial dos Oceanos (8 de Junho), têm estado a ter bom acolhimento por parte da população. A mais de uma centena de entidades organizadoras e associadas concluíram até 25 de Maio 17 acções em que participaram 574 pessoas. Até ao final, este ambicioso programa contará com centena e meia de acções que decorrerão nas 9 ilhas dos Açores.

Sob a coordenação da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar, o “Açores Entre-Mares” tem como objectivo essencial ajudar a sensibilizar os açorianos para as temáticas da biodiversidade, da poluição, com particular ênfase para a boa gestão dos resíduos, do desporto marítimo, da cultura associada ao mar, do turismo marítimo-turístico e para as oportunidades que o Oceano nos oferece. Este esforço tenta também responder ao repto lançado pela União Europeia para o aumento da relação entre os cidadãos do velho continente o gigante azul, o qual merece particular destaque neste ano em que os Açores são a “Região Europeia do Ano”.

As actividades estão organizadas segundo os vectores desportivos (“Mar em Forma”), cultural (“Mar de Cultura”), desenvolvimento sustentável (“Mar que nos Sustenta”), científico (“Mar de Descoberta”), descoberta (“Mergulhos de Descoberta”) e escolares (“A Escola Vai ao Mar”). Em termos gerais, os organizadores das diferentes actividades têm ficado surpreendidos com a adesão, mas, principalmente, com o nível de conhecimentos e entusiasmo dos participantes.



GaCS/SF/DRA

Dia Mundial da Criança no Núcleo de Santa Bárbara do Museu Carlos Machado



No próximo dia 2 de Junho de 2010, quarta-feira, o Museu Carlos Machado comemora o Dia Internacional da Criança no Núcleo de Santa Bárbara.

A Criança e a Paisagem é o título escolhido para as actividades promovidas pelo Serviço Educativo do MCM para este dia. Estas propõem a reflexão em torno de questões actuais que relacionam o Ambiente e a Arte: a sustentabilidade do planeta; o património natural e o património construído.

O programa inclui uma visita-jogo à exposição «Diários de Paisagem no Museu Carlos Machado» e actividades de expressão plástica.

As actividades têm lotação limitada e requerem inscrição prévia. Haverá duas sessões, uma de manhã, às 10h e outra às 14h, no Núcleo de Santa Bárbara.



GaCS/SF/MCM

Protecção Civil: mantém-se previsão de chuva forte para os grupos Ocidental e Central ao longo do dia




O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que segundo o Instituto de Meteorologia, prevê-se:

Para o Grupo Central e Ocidental, no período entre as 08:00h de 31/05/2010 e as 00:00h de 01/06/2010: Precipitação por vezes forte.

O SRPCBA recomenda que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza.


GaCS/SF/SRPCBA

domingo, 30 de maio de 2010

Sismo sentido no Faial e Pico



O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores, no dia 30 de Maio foi registado um evento às 19:59 hora local, com epicentro a cerca de 20 km a NW do Capelo, ilha do Faial.

De acordo com a informação disponível o evento foi sentido com intensidade máxima IV (Escala de Mercalli Modificada) em Capelo, Praia do Norte, Cedros, Salão e Castelo Branco, na ilha do Faial, e intensidade III em Madalena, na ilha do Pico.

O CIVISA e o SRPCBA continuam a acompanhar o evoluir da situação.




GaCS/SF/SRPCBA

Chuva forte nos Grupos Ocidental e Central



O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, segundo o Instituto de Meteorologia, a passagem de uma superfície frontal com ondulações irá provocar precipitação nos Grupos Ocidental e Central que por vezes poderá ser Forte.

Assim, prevê-se, para o Grupo Ocidental, no período entre as 00 horas locais de 31-05-2010 e as 06 horas locais de 31-05-2010: precipitação por vezes forte.

Para o Grupo Central, no período entre as 12 horas locais de 31-05-2010 e as 00 horas locais de 01-06-2010: precipitação por vezes forte.

O SRPCBA recomenda que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza.





GaCS/SF/SRPCBA

Produtos do Pico promovidos em Lisboa



Decorreu este fim de semana, em Lisboa, na Loja Açores e no Espaço Açores, um conjunto de iniciativas com a designação " Pico invites Lisboa 2010 " destinadas a divulgar os produtos da ilha do Pico, numa iniciativa da Associação Comercial e Industrial da Ilha do Pico que contou com o apoio do Governo dos Açores.

Na abertura destas sessões, o director regional do Apoio ao Investimento e à Competitividade, em representação do Presidente do Governo, considerou que esta iniciativa demonstra que os produtos do Pico têm vindo a evidenciar uma crescente aceitação junto dos consumidores, quer no espaço regional, quer em mercados externos, e que este sucesso se deve essencialmente à elevada qualidade que os mesmos revelam, tendo adiantado que “é precisamente pela aposta continuada na excelência, na diferenciação e na inovação que os produtos regionais podem assegurar a sua implantação em nichos de mercado de elevado valor acrescentado”.

Arnaldo Machado referiu ainda que o Governo dos Açores tem vindo, através de um conjunto de medidas, coerentes e devidamente articuladas, a impulsionar a promoção e a divulgação no exterior das potencialidades económicas da Região, designadamente pelos sistemas de incentivos, pelo apoio às associações empresariais na participação em exposições de actividades económicas, e pelo financiamento de campanhas de promoção dos produtos açorianos, procurando deste modo incrementar a competitividade externa da economia regional.




GaCS/NM

Guardas Florestais são o primeiro guardião da Floresta açoriana



O Governo dos Açores continua a valorizar a carreira dos guardas florestais através de acções de formação e informação, de forma a garantir a valorização e a utilização racional dos recursos florestais açorianos, em benefício de toda a população.

No seguimento destas políticas, a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas comemorou, na ilha de São Jorge, o “XIV Dia Regional do Guarda Florestal”, como forma de agradecimento público pelo esforço e dedicação manifestados, ao longo de muitos anos de trabalho, na protecção do património florestal e natural.

A presidir às cerimónias, em representação do Secretário Regional da Agricultura e Florestas, a Directora Regional dos Recursos Florestais destacou a actuação dos guardas e mestres florestais nas diversas áreas de trabalho, nomeadamente na construção e beneficiação de caminhos florestais e rurais, produção de plantas em viveiro e fomento da arborização no sector privado, gestão e valorização de reservas florestais de recreio e apoio à realização das actividades constantes no “Plano de Melhoramento Florestal”, “Inventário Florestal”.

Anabela Isidoro realçou também os trabalhos de estudo, recuperação e gestão da actividade cinegética, que têm sido fundamentais para a melhoria do bem-estar das populações, desenvolvimento económico, bem como contribuído, de um modo muito significativo, para uma gestão sustentável dos recursos florestais e naturais dos Açores.

Os Dias do Guarda Florestal, entretanto realizados, permitiram a realização de acções de formação inovadoras e de reciclagem de várias matérias relacionadas directamente com as funções desempenhadas pelos guardas florestais, bem como, visualizar no terreno o que de mais importante se está a desenvolver nas várias componentes do sector florestal das várias ilhas, assumindo um papel essencial para a melhoria dos conhecimentos técnicos e do desempenho dos guardas florestais.

A acção diária do Corpo da Guarda Florestal é também essencial para a prossecução das acções e iniciativas ligadas ao sector florestal existentes no PRORURAL, num investimento público de cerca de 26 milhões de euros que já permitiu a criação e utilização de serviços de aconselhamento florestal de forma a ajudar os detentores de áreas florestais a melhorar a sua capacidade de gestão, a melhoria do valor económico das florestas, promovendo a competitividade global e o valor acrescentado da produção florestal, através da reflorestação de matas cortadas, reconversão de povoamentos florestais mal adaptados e beneficiação de povoamentos florestais, bem como implementação de planos de gestão florestal e da certificação florestal sustentável.



GaCS/MS

Centenas de famílias festejam o Dia Mundial da Criança no Parque Século XXI




O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, promove, durante todo o dia de hoje, uma grande festa dedicada às crianças, no Parque Século XXI.

Antecipando a comemoração do Dia Mundial da Criança, a 1 de Junho, são diversas as actividades lúdicas que hoje deslocam centenas de famílias ao parque mais verde e moderno da cidade.

O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos juntou-se às comemorações e não deixou de realçar esta iniciativa dedicada essencialmente às crianças pretendem promover “a importância que os nossos jovens têm no presente e no futuro, e é por isso que lhe devem ser propiciados momentos de lazer, de confraternização e momentos de trocas de experiências, como está a acontecer hoje aqui”, referiu.

Além das dezenas de actividades diferentes que o Governo dos Açores preparou para as crianças, a Associação Açoriana de Protecção dos Animais e o Instituto de Apoio à Criança associaram-se também às comemorações, a fim de transmitirem “uma nova dimensão e novos valores às crianças para que elas possam continuar a construir um mundo cada vez melhor”, acrescentou José Contente, ao realçar a importância da educação cívica e ambiental dos mais novos, que muitas vezes servem de exemplos aos adultos.

Entre balões, pinturas faciais, aranha mágica, o touro mecânico, escorregas, insufláveis, a Hello Kitty, o Lago do Dino, entre outros, ao longo do dia estão programadas várias actividades. O ponto alto do dia será o concerto a cargo do Avô Cantigas e da Ritinha, antecedido por um espectáculo de dança pelo Ginásio Corpore.

“Queremos que hoje seja um dia de festa em homenagem a todas as crianças, e aqui podemos testemunhar aquilo que representam a síntese do que há de melhor no mundo das crianças, como a espontaneidade, a criatividade e também a vontade de viver num mundo cada vez melhor”, afirmou o governante.

Além de todas as actividades lúdicas, o Parque Século XXI garante todas as condições de segurança para o desfrute em plenitude das brincadeiras pelos mais novos e oferece ainda um espaço verde para o passeio em família.

O Dia Mundial da Criança é assinalado em todo o mundo desde 1950, data em que a ONU aprova a Declaração dos Direitos da Criança. Porém a data efectiva destas comemorações variam de país para país, sendo que em Portugal e em grande parte dos países de tradição católica festejam a efeméride no dia 1 de Junho, porque o mês de Maio é todo ele dedicado a Maria, Mãe de Jesus, seguindo-se então o mês de Junho como o mês dedicado às crianças.



GaCS/VS

Carlos César diz que os Jogos das Ilhas foram um sucesso e que os Açores estão orgulhosos



Carlos César disse às centenas de jovens participantes na 14ª edição dos Jogos das Ilhas, que terminou ontem à noite em ambiente de grande festa, nas Portas do Mar, que há na Região um sentimento de grande satisfação pela realização desta competição.

“Os Açores, os açorianos e, em especial, os nossos jovens, sentem-se muito orgulhosos por serem os anfitriões desta grande jornada desportiva, de solidariedade, de partilha de culturas que vivemos nesta ilha de S. Miguel e, em particular, nesta cidade de Ponta Delgada”, afirmou.

O Presidente do Governo dos Açores, que falava na sessão de encerramento – na qual estava também presente o Secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias – realçou também a sua grande satisfação pelo sucesso da organização, por todas as delegações reconhecido, sublinhando o papel que nesse êxito desempenharam as instituições que coordenam o desporto nos Açores, bem como as associações das diversas modalidades.

“Sem essas associações e sem o espírito competitivo, agregador e de anfitrião dos nossos jovens, estes Jogos não teriam sido o sucesso que, evidentemente, foram”, frisou, para logo acrescentar ser esse um motivo para também felicitar todos os participantes e convidá-los a voltarem aos Açores sempre que quiserem, convite que Carlos César fez questão de exprimir em português, inglês, francês, espanhol, croata e italiano, para assim abarcar todas as delegações.

Nestes Jogos das Ilhas - Açores 2010, ganhos pela delegação da Sicília, a equipa açoriana alcançou a sua melhor classificação de sempre, com um quarto lugar, e conquistou o prestigioso Troféu Fair-Play, o que aconteceu pela segunda vez nas catorze edições da competição que reúne, anualmente, jovens atletas das ilhas da União Europeia.



GaCS/CT

Escola açoriana ganha primeiro prémio nacional de ciência



Uma equipa da Escola Secundária da Lagoa, ilha de São Miguel, acaba de conquistar o primeiro lugar do Prémio Nacional de Jovens Cientistas e Investigadores.

Em nota agora divulgada, a Secretária Regional da Educação e Formação congratula-se pelo êxito alcançado pelos alunos Carla Raposo, Filipe Amaral e Tiago Costa, sob orientação da professora – coordenadora Alexandra Seara Medeiros.

Lina Mendes destaca o empenho e espírito científico dos jovens e professores que alcançaram aquele patamar de reconhecimento nacional pelo seu trabalho, num conjunto mais vasto de experiências comuns a muitas escolas açorianas.

A distinção conquistada no concurso nacional enquadra-se na IV Mostra Nacional de Ciência que decorreu de 27 a 29 de Maio, no Museu da Electricidade, em Lisboa, que promoveu o 18º Concurso de Jovens Cientistas e Investigadores, uma iniciativa da Fundação da Juventude em que as equipas açorianas foram apoiados na deslocação pela Direcção Regional da Juventude.

Participaram escolas públicas e privadas de Norte a Sul do País e das Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, sendo que, em representação da Região, estiveram as escolas Manuel de Arriaga e Secundária de Lagoa, esta com três projectos.

Depois de uma selecção prévia, foram à fase final 101 dos trabalhos a concurso.

O projecto vencedor intitula-se “Programa de Biomonotorização da Doença Vibroacústica”, uma investigação científica realizada na Área de Projecto do 12º ano.

Os prémios para os alunos vencedores são um computador portátil e uma verba de dois mil euros, enquanto que à professora – coordenadora é atribuído um montante de 500 euros.

O trabalho vencedor vai representar Portugal no concurso internacional de Jovens Cientistas, que este ano se realiza em Lisboa, em Setembro.



GaCS/FA

sábado, 29 de maio de 2010

Agricultura açoriana apresenta crescimentos significativos




O Secretario Regional da Agricultura e Florestas destacou, na ilha Graciosa, os crescimentos significativos que se têm verificado na agricultura açoriana, mesmo numa altura em que se verifica alguma recessão nos mercados e alguma contenção de preços, sinal de que todo o investimento efectuado no sector tem sido bem potenciado e bem aproveitado.

Noé Rodrigues, que falava na sessão de abertura da Feira Agro-Pecuária da Graciosa, disse ainda que os açorianos se devem orgulhar da sua Agricultura uma vez que continua a ser um sector onde “exportamos muito mais do que importamos de produtos agrícolas, prova de que o sector reage bem aos investimentos, conseguindo bons indicadores, fruto das estratégias definidas pelo Governo dos Açores e do trabalho efectuado pelos agricultores ”.

Do programa da Feira Agro-Pecuária da Graciosa, que decorre até ao dia 30 de Maio, destacam-se os concursos de gado bovino leiteiro, cruzados e de raças puras, provas de dressage, concursos de horticultura, floricultura e fruticultura e ainda mostras e degustações de produtos regionais.

O evento decorre no Picadeiro António Maria da Cunha em conjunto com a Exposição de Actividades Económicas daquela ilha.


GaCS/MS



Governo sempre acautelou os interesses da Região no processo de construção dos navios Atlântida e Anticiclone



O Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, garantiu hoje que a resolução dos contratos para a construção dos navios Atlântida e Anticiclone, entre a Atlânticoline S.A. e os Estaleiros Navais de Viana do Castelo, ocorreu “no momento em que estavam reunidas as condições de solidez técnica e jurídica” que o permitiam e de forma a que o interesse da Região “não saísse prejudicado”.

Segundo Vasco Cordeiro, essa situação registou-se “em Abril de 2009, depois da recepção dos relatórios relativos às provas de mar e na qual ficava claro que não se encontrava garantido o requisito relativo à velocidade prevista no contrato.

Vasco Cordeiro, que falava numa audição da Comissão de Inquérito à construção dos navios Atlântida e Anticiclone, da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, considerou, por isso, que “só nessa altura, e com o reconhecimento por parte dos Estaleiros do incumprimento do item relativo à velocidade prevista no contrato, ficaram disponíveis informações suficientes sobre o desempenho do navio Atlântida que permitiam optar pela resolução dos contratos de forma a que fossem salvaguardados os interesses da Região”.

Já quanto ao navio Anticiclone a posição manifestada pela Atlânticoline sempre foi a de “aconselhar os Estaleiros a não iniciarem a sua construção sem que antes o Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos aprovasse os desenhos do navio”.
Esta opção permitiu evitar que a Atlânticoline fosse responsabilizada por eventuais atrasos na sua construção, uma vez que nunca foi pedido a interrupção dos trabalhos, e levou posteriormente a que, este segundo navio fosse incluído no acordo com os Estaleiros relativo ao Atlântida. “Não faria sentido negociar um acordo relativo a um navio e, ao mesmo tempo, iniciar um processo nos tribunais por causa do outro”, defendeu Vasco Cordeiro.

O secretário regional da Economia rejeitou, por isso, a tese que tem vindo a ser defendida pelo PSD/Açores de que os contratos deveriam ter sido rescindidos quando se verificaram alguns atrasos no processo de construção do navio Atlântida: “fazê-lo nessa altura”, defendeu Vasco Cordeiro, “teria como consequência arrastar uma batalha jurídica que deixaria a Atlânticoline e a Região numa posição mais fraca”.

Aliás, reforçou ainda, “o acordo alcançado com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo confirma que a decisão de rescisão dos contratos foi tomada no tempo próprio”.
Vasco Cordeiro considerou ainda que a “opção estratégica que levou à decisão de construir os dois navios mantém-se, no que tem de estratégico, inteiramente válida, sendo que o conjunto de incidentes que se verificaram, conforme se prova por um conjunto variadíssimo de dados, não pode ser imputado à responsabilidade do Governo Regional”.

“Este assunto está resolvido e bem resolvido pelo Governo Regional”, defendeu ainda o Secretário Regional da Economia, lamentado que haja quem “entenda que deve continuar obcecadamente agarrado a este situação, procurando fantasmas onde eles não existem quando os Açores têm desafios que nos interessa trabalhar”.



GaCS/NM

Açores com 10 medalhas nos Jogos das Ilhas em natação



Ao fim da última jornada de prova, a comitiva açoriana de natação conseguiu um total de 10 medalhas nas provas realizadas, classificando-se no 3ª lugar do ranking geral da competição.

Na 3ª jornada desta competição, realizada hoje, o atleta Carlos Pedrosa conquistou uma medalha de ouro na prova de 100 metros livres. Nos 50 metros mariposa, o mesmo nadador evidenciou-se ao conquistar uma medalha de prata. A selecção açoriana conseguiu, ainda, um 3ª lugar nos 200 metros estilos, com João Braga, e nos 100 metros costas, por Mohammad Azad.

Em atletismo, a Região arrecadou um total de 12 medalhas, nas três jornadas de competição. Na classificação geral, a categoria de masculinos classificou-se em 3ª lugar, enquanto que a classe feminina alcançou o 5ª lugar final.

Na última jornada das modalidades colectivas, em voleibol masculino, os Açores perderam com a Córsega por 3-1, com os parciais de 21/25, 25/18, 16/25 e 19/25, obtendo um 4º lugar final, num total de cinco equipas. No andebol masculino, a Região obteve uma vitória por 28-23 diante de Kórcula e conquistou o 5ª lugar da classificação geral, num grupo de 6 equipas. Finalmente, em basquetebol feminino, a selecção açoriana conseguiu o 3º lugar do pódio, num total de 5 equipas, depois de derrotar hoje a Sardenha por 67-62.

No ténis de mesa, os Açores destacaram-se nas provas por equipas, em femininos, ao alcançar o 2ª lugar final da competição, a melhor classificação açoriana de sempre nos Jogos das Ilhas.




GaCS/BP

Certificação e validação de competências dos trabalhadores portugueses da Base das Lajes arranca em breve



Os trabalhadores portugueses da Base das Lajes vão ser incluídos no processo de certificação e validação de competência que está a ser promovido pelo Governo na Região, por forma a equiparar a formação profissional e o treino específico dos trabalhadores ao serviço da força dos EUA na Base das Lajes a competências nacionais.
O processo foi anunciado, ontem, por Francisco Tavares e Paula Ramos, Representantes da Região na Comissão Bilateral Permanente e na Comissão Laboral do Acordo da Base das Lajes, após a primeira sessão de esclarecimento sobre este processo, que decorreu no Auditório do Ramo Grande, na Praia da Vitória, na qual participaram alguns trabalhadores portugueses ao serviço naquela base militar.
Na ocasião foi anunciada a intenção do Governo dos Açores, em promover o diálogo com os trabalhadores, através de outras sessões de informação, como a que agora se realizou, na própria Base das Lajes, deslocando, para este efeito, uma unidade móvel da Rede Valorizar, de modo a que os esclarecimentos possam abranger o maior número de trabalhadores interessados.
Com este processo, o Governo dos Açores, dando resposta a uma aspiração antiga dos trabalhadores, promove o seu reconhecimento profissional, para efeitos do mercado laboral português, valorizando o seu vasto curriculo de formação profissional ao serviço dos EUA.
Na reunião, os Representantes da Região na Comissão Bilateral Permanente e na Comissão Laboral do Acordo da Base das Lajes, deram conta, aos trabalhadores presentes, das últimas decisões destas comissões.
Este encontro entre os representantes dos Açores e os trabalhadores que prestam serviço às forças americanas nas Lajes, serviu, também, para auscultar a sua opinião acerca de aspectos considerados importantes para a agenda da próxima reunião da Comissão Laboral.


GaCS/LFC

Jogos das Ilhas encerram hoje



A XIV Edição dos Jogos das Ilhas “Açores 2010” termina hoje com a cerimónia oficial de encerramento, a decorrer nas Portas do Mar, às 21 horas, com a presença do Presidente do Governo Regional dos Açores.

Durante o evento, para além dos discursos oficiais a realizar, proceder-se-á à entrega final das medalhas, com base nas classificações gerais de cada Região, e do troféu “Fair Play”. A entrega desta distinção, já atribuída aos Açores em edições anteriores, será acordada numa reunião prévia entre os chefes de cada comitiva desportiva.

A edição deste ano dos Jogos está marcada por uma participação positiva dos Açores em várias modalidades. Na competição de judo, a Região arrecadou oito medalhas, duas delas de ouro. No atletismo, a comitiva açoriana contou também com uma medalha de ouro,assim como nas provas de natação. Destaque também para a competição de vela, em que a Região assegurou um 3º lugar na classificação geral da competição.


GaCS/BP

Protecção Civil: chuva forte no Grupo Ocidental




O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, segundo o Instituto de Meteorologia, a passagem de um sistema frontal na região dos Açores irá provocar precipitação que poderá ser forte no Grupo Ocidental durante a madrugada e manhã de Domingo.

Assim, prevê-se, para o Grupo Ocidental, no período entre as 23 horas locais de 29-05-2010 e as 12 horas locais de 30-05-2010: precipitação por vezes forte.

O SRPCBA recomenda que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza.



GaCS/SF/SRPCBA

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Açores conseguem medalha de ouro nos Jogos das Ilhas em atletismo



A atleta Joana Rebelo conquistou hoje, na pista de atletismo das Laranjeiras, uma medalha de ouro na competição final de lançamento de martelo, na categoria de femininos, dos Jogos das Ilhas-

Na mesma competição da categoria, o 2º lugar, e a respectiva medalha de prata, foi entregue à atleta açoriana Catarina Morais.

A medalha de prata da prova de 2000 metros obstáculos, em femininos, foi conquistada pela atleta açoriana Beatriz Porteiro.

Na disciplina dos 400 metros barreiras, em femininos, na 2ª série da meia-final, a selecção dos Açores conseguiu um terceiro lugar, que não foi suficiente para chegar à prova final da competição.

Em relação ao ténis de mesa, hoje realizaram-se as competições individuais de masculinos e femininos. Na 1ª fase, as atletas açorianas alcançaram duas vitórias por 3-0 frente à equipa de Korcula, duas vitórias por 3-0 diante da Córsega e ganharam à Sicília por 3-1 e 3-2.

Na 1ª fase de masculinos, os Açores venceram dois jogos com Korcula, por 3-1 e 3-0. Frente à Córsega ganharam por 3-0, conquistando também um jogo por 3-1 contra a ilha de Jersey.

Em andebol, na 4ª jornada de competição, a selecção Açores derrotou a equipa de Sardenha por uns expressivos 47-11.



GaCS/BP

Valorização do Mar é uma opção estratégica do Governo dos Açores



A valorização da relação com o Mar “é uma das grandes opções estratégicas” que o Governo dos Açores tem vindo a desenvolver, não apenas através da construção de diversas infra-estruturas, mas também de acordo com uma linha política que tem contribuído para valorizar cada vez mais o papel que o Mar pode representar no desenvolvimento económico da Região, defendeu esta tarde, em Ponta Delgada, o Secretário Regional da Economia.

Vasco Cordeiro, que falava durante a sessão de abertura do seminário “Cidades Portuárias Insulares: Perspectivas do Atlântico”, organizado em conjunto pela RETE – Associação para a Colaboração de Portos e Cidades e com a Portos dos Açores S.A., considerou que “só muito recentemente” surgiu “o despertar do interesse da União Europeia para a discussão destas temáticas e para a importância do Mar enquanto pilar de desenvolvimento económico” tendo os Açores um papel de vanguarda neste campo, não só pelas políticas que têm vindo a ser desenvolvidas, mas também “pelo contributo muito importante de diversas entidades para um melhor conhecimento desta realidade, como é o caso do trabalho concretizado pelo Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores”.

Vasco Cordeiro recordou que “apesar da sua dimensão geográfica os Açores são, no que diz respeito ao Mar, uma potência europeia” devido à dimensão da sua Zona Económica Exclusiva, existindo, por isso, a necessidade de “cada vez mais, rentabilizar este espaço de forma a que o mesmo se traduza em maior riqueza, maiores oportunidades de desenvolvimento e na criação de mais emprego”.

O Secretário Regional da Economia destacou, por fim, “não só os grandes investimentos que têm vindo a ser concretizados, como é o caso do Terminal das Portas do Mar, em Ponta Delgada, ou da requalificação da frente marítima da cidade da Horta, actualmente em execução, mas também de muitas intervenções nos portos de várias ilhas e que têm, precisamente, como objectivo aprofundar e recolher cada vez mais benefícios da relação privilegiada que os Açores têm com o Mar”.



GaCS/NM

Comitiva açoriana encontra-se com instituições e organizações europeias



A comitiva açoriana ao Fórum da Ultraperiferia Europeia teve, hoje à tarde, reuniões com altos representantes de instituições e organizações em Bruxelas, numa iniciativa do Governo dos Açores que teve por objectivo dar a conhecer o trabalho desenvolvido, proporcionar contactos e abordar temáticas de interesse na área dos assuntos europeus.

As reuniões decorreram nas instalações da empresa APCO-Worldwide, representação do Governo dos Açores em Bruxelas, e iniciaram-se, precisamente, com um briefing sobre o trabalho desenvolvido por esta empresa.

O grupo reuniu-se, depois, com Emma Udwin, membro do Gabinete do Comissário da Política Regional, Joannes Hahn, e com Paula Laissy, chefe da Unidade RUP, tendo sido abordado o futuro da política regional pós-2013, bem como temáticas como o ambiente, a educação e investigação e a sua relação com as políticas da UE.

No encontro com Carlos Gutierrz, Secretário do Comércio dos Estados Unidos da América entre 2005 e 2009, antigo CEO da Kellog Company e actual membro do conselho consultivo da APCO, o debate centrou-se nas relações transatlânticas e relações comerciais dos EUA, Europa e Açores.

Parte da comitiva dos Açores encontrou-se, ainda, com Andrea Benassi, Secretário-Geral da UEAPME – European Association of Craft, Small and Medium-sized Enterprises e, a terminar, o grupo deslocou-se às instalações da Representação Permanente de Portugal na União Europeia, para um encontro com o Conselheiro Regional dos Açores na REPER, Jorge Menezes.

O grupo de participantes, que integrou os presidentes da Associação de Municípios da RAA, da APIA, da AICOPA e das Câmaras de Comércio e Indústria de Ponta Delgada, Angra do Heroismo e Horta, os coordenadores dos projectos “Green Islands” e “CLIMAAT”, bem como da UGT e CGTP-IN e a Directora do Centro de Vulcanologia e Avaliação de Riscos Geológicos, foi acompanhado pelo Subscretário Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Rodrigo Oliveira e pelos Directores Regionais do Planeamento e Fundos Estruturais, Rui Amann, do Ambiente, Frederico Cardigos, e dos Assuntos Comunitários da Agricultura, Fátima Amorim.

As reuniões organizadas pelo Governo dos Açores, decorreram no contexto do primeiro Fórum da Ultraperiferia Europeia no qual foram focados temas sobre as RUP como “a perspectiva 2020”, “o património cultural e natural”, “as fronteiras activas da Europa”, “o desenvolvimento competitivo e sustentável” e “perspectivas para a agricultura e a pesca”, tendo o executivo açoriano correspondido ao apelo da Comissão Europeia para que as Regiões promovessem a participação de sectores da sociedade civil.



GaCS/SF/SsRAECE

Açores em terceiro lugar em vela nos Jogos das Ilhas



A equipa açoriana de vela que participou nos Jogos das Ilhas acabou a competição no terceiro lugar do pódio, numa prova ganha pelo seleccionado da Sicília.

Em femininos, uma vez mais o terceiro lugar foi o resultado final, resultante das regatas de Catarina Ramos, que acabou na 5ª posição, e de Sara Martins, na posição imediata, entre 16 velejadoras.

Na classificação masculina, a posição final na tabela foi igualmente o terceiro lugar, mercê da 6ª posição de Francisco Melo e da 9ª de Frederico Lopes, num total de 17 velejadores.

Os dois primeiros lugares do pódio pertenceram à Sicília e à Madeira, na competição masculina, e à Sicília e à Sardenha, nas raparigas.



GaCS/FA

Rastreio da obesidade infantil já no terreno



O Secretário Regional da Saúde esteve hoje presente numa acção de rastreio da obesidade infantil na Escola Francisco Ornelas da Câmara, na Praia da Vitória.

Trata-se de uma acção que vai abranger 3328 alunos, do 5º ano, em todas as escolas da Região e será levada a cabo com a colaboração dos centros de saúde.

A iniciativa está integrada no Plano Regional de Saúde e destina-se a compreender a dinâmica desta problemática e, segundo Miguel Correia, “a promover o encaminhamento dos casos para os serviços de saúde, nomeadamente para consultas de nutrição”. Com esse objectivo foi autorizada a contratação de mais técnicos de nutrição para os centros de saúde, para dar agora esta resposta.

Em declarações prestadas, na Praia da Vitória, o Secretário Regional da Saúde disse que “o importante neste rastreio é garantir as consultas de nutrição às crianças que necessitem” e, por isso, “essas consultas devem ser entendidas como uma prioridade pelos nutricionistas ao serviço dos centros de saúde”.

“Para o Governo Regional este é um problema que tem de ser atacado”, vincou Miguel Correia.

O Secretário da Saúde sublinhou ainda que é importante que os pais acompanhem as crianças nessas consultas de nutrição. É que, muitas vezes, esta situação passa despercebida aos olhos dos pais e, por isso, é importante que eles tenham um diálogo com o profissional de saúde de modo a que possam ficar completamente esclarecidos em relação aos riscos que a obesidade representa para a saúde dos seus filhos.

Os pais que têm filhos com obesidade ou excesso de peso, provavelmente desconhecem que é muito grande a probabilidade de virem a ter diabetes ou doenças cardio-vasculares e é, igualmente, grande a probabilidade de virem a ter cancro, comparativamente a uma criança que tem uma alimentação equilibrada.

Já na altura da apresentação do Programa Regional de Prevenção e Controlo da Diabetes e Luta contra a Obesidade, Rui César, seu gestor, dizia que é importante que se encontrem estratégias que convençam as pessoas de que a obesidade tem consequências graves na saúde, a vários níveis.

Rui César reconhece que não é fácil, uma vez que existem hábitos difíceis de alterar e porque as pessoas não dão grande importância à obesidade.

No entanto, sublinha, está hoje provado que a obesidade é transversal a variadíssimas doenças.

Há seis anos um estudo desenvolvido pela Direcção Regional da Educação Física e Desporto mostrou que cerca de 35% das crianças, dos 10 aos 13 anos, tinha excesso de peso ou obesidade.

O rastreio que agora vai ser feito procurará definir estratégias para mudar esta situação, diz Rui César.

O rastreio está já a decorrer em vários concelhos e vai iniciar-se, nos restantes, nos próximos dias, de modo a estar concluído até ao final do corrente ano lectivo.




GaCS/RC

“Exploratorium Móvel” estimula o gosto das crianças pela experimentação científica



O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos (SRCTE) apresentou hoje o Exploratorium Móvel, um equipamento itinerante ao serviço da Ciência Divertida, um projecto que será alargado às restantes ilhas do arquipélago, ao longo da legislatura, anunciou José Contente.

Com a conclusão do projecto InfoNetMóvel, e tendo em consideração a indiscutível importância da experimentação como forma de motivação e aprendizagem científica, o Governo dos Açores, através da SRCTE, converteu a viatura para o desenvolvimento de um novo projecto, o designado ExploMóvel.

“O Exploratorium Móvel, resultando na criação de uma estrutura de grande versatilidade para o desenvolvimento de actividades lúdico-pedagógicas de carácter experimental e de exploração científica, contribui para a divulgação e ensino experimental das Ciências”, sublinhou o governante durante a visita ao mini-autocarro, acompanhado de dezenas de alunos da Escola Básica da Relva.

José Contente realçou ainda que, para garantir a eficácia e continuidade dos programas de divulgação e implementação científica na Região, torna-se necessário que as gerações futuras tomem, desde cedo, o gosto pela Ciência e, acima de tudo, compreendam a sua importância como factor de desenvolvimento social, profissional e económico.

O que se pretende com este projecto, refere o Secretário Regional, é “promover e estimular no seio das gerações mais novas a curiosidade, a motivação e apetências para as áreas Científicas, o que pode contribuir para o surgimento de um gosto intrínseco por estas áreas, com a criação de alicerces sólidos para a continuidade do desenvolvimento científico da Região e sua integração efectiva no espaço europeu de investigação e inovação científica”.

Este equipamento pedagógico e didáctico pretende, essencialmente, desenvolver competências no âmbito da divulgação, experimentação e exploração científica, na aproximação das crianças a actividades lúdicas, com o objectivo de despertar nos jovens um espírito de empreendedorismo, de inovação e uma base científica em diversas actividades, através da experimentação.

A associação do conhecimento à Ciência Divertida, a cargo das monitoras da Tetrapi, responde, assim, aos grandes desafios e objectivos do Exploratorium Móvel, nomeadamente através do “Atomóvel”, o mini-autocarro apresentado hoje.

José Contente anunciou ainda o alargamento do projecto às restantes ilhas, acrescentando que “convém que este tipo de projectos seja o máximo divulgado pelos Açores, sobretudo em zonas onde não há tanta possibilidade de aceder a experiências, a materiais que de algum modo permitem o pensamento ligado à actividade científica, que é o objectivo do ExploMóvel”.

A viatura disponibiliza um conjunto de materiais e de equipamentos que permitem fazer experiências na área na física, biologia e outras disciplinas, e que de algum modo constituirão um treino e uma formação para a actividade científica das crianças.

O projecto ExploMóvel tem um custo anual de 75 mil euros.



GaCS/VS

Açores com medalhas nos Jogos das Ilhas em natação



Na 2ª jornada competitiva da natação dos Jogos das Ilhas, realizada hoje, na piscina das Laranjeiras, em Ponta Delgada, a selecção dos Açores conseguiu um primeiro lugar nos 100 metros mariposa, na categoria de masculinos, através de Carlos Pedrosa.

De destacar também os segundos lugares alcançados, no mesmo sexo, nas disciplinas de 50 metros livres, também por Carlos Pedrosa, e 4x100, pelo conjunto açoriano.

No estilo de 200 metros bruços masculinos, os Açores conseguiram também um lugar no pódio, ao conquistar o 3º lugar da prova, por João Braga.

Nos jogos de ténis de mesa a pares mistos, a Região conseguiu uma vitória contra a Sardenha por 3-2, mas acabou por perder as outras três partidas em que participou: 0-3 frente à Madeira, 0-3 no outro jogo contra a Sardenha (com outros pares) e 0-3 diante da Sicília.

Na modalidade de andebol masculino, os açorianos perderam com a Sicília por 24-28 e com a Madeira por 22-30, em jogos referentes à 2ª e 3ª jornadas de competição.

Já no voleibol masculino, diante da Sicília, a equipa açoriana foi derrotada na 3ª jornada por 0-3, em parciais de 20/25, 14/25 e 12/25.

Na 3ª ronda de ténis de campo em masculinos, realizada hoje, os Açores ganharam a Elba por 2-1. Em femininos, depois de uma vitória ontem por 3-0, na 1ª ronda, frente à mesma Região, a selecção açoriana acabou por ser derrotada hoje pelo mesmo resultado diante da equipa da Sardenha, num jogo da 2ª ronda de competição.

Perante os resultados alcançados nesta fase, os Açores vão jogar amanhã para o terceiro ou quarto lugar final, tanto em masculinos como femininos, em ambos casos com a selecção de Jersey. Na disputa pelo 1º e 2º lugares estarão, também nos dois sexos, as equipas da Sardenha e da Sicília.



GaCS/BP

Complexo Desportivo Tomás de Borba acolheu IX Encontro Anual das Escolinhas do Desporto



O Serviço de Desporto da Terceira dinamizou, neste mês de Maio de 2010, no Complexo Desportivo Tomás de Borba, em Angra do Heroísmo, o IX Encontro das Escolinhas do Desporto, em colaboração com as diferentes associações de modalidade e clubes desportivos escolares.

Participaram neste evento cerca de 300 alunos e 44 técnicos, dos 95 núcleos de actividades desportivas que se encontram a funcionar no corrente ano lectivo. Estiveram presentes 11 modalidades desportivas, nomeadamente: o andebol, o basquetebol, o futebol, o judo, o golfe, o voleibol, o karaté, o ténis de mesa, o ténis de campo, a patinagem e o bowling.

Os principais objectivos foram alcançados com a realização deste evento, nomeadamente: promover, divulgar e consolidar o projecto das “Escolinhas do Desporto”; proporcionar o convívio e troca de experiências entre os diferentes núcleos; e divulgar as actividades realizadas pelos núcleos durante a época.

O encontro decorreu no dia 22 em ambiente de festa e convívio entre todos os participantes. Foram distribuídos pelos participantes t-shirts alusivas ao encontro, aguas, sumos e fruta. Contou com o apoio de algumas empresas locais, nomeadamente, a Refecon, a Pronicol/Unicol e a firma Luís Vicente S.A. A Delegação de Angra do Heroísmo da Cruz Vermelha Portuguesa disponibilizou uma equipa de voluntários para garantir a segurança dos participantes neste Encontro das Escolinhas.



GaCS/SF/DRD

IV Encontro Anual “ Açores Activos”



O Serviço de Desporto da Terceira vai promover no próximo dia 29 de Maio, a partir das 15h00, no Complexo Desportivo João Paulo II e no Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, um evento desportivo dirigido a todos os núcleos integrados no Projecto Açores Activos, nas modalidades de futebol de sete e de ginástica de manutenção aeróbica e hidroginástica, respectivamente.

Este evento desportivo, integrado no Projecto Açores Activos, visa, essencialmente, promover a prática regular de Actividades Físicas e Desportivas, contribuir para a promoção de estilos de vida activa, promover a saúde e qualidade de vida, utilizando as excelentes condições proporcionadas pelas instalações desportivas do Parque Desportivo da Terceira.

No Complexo Desportivo João Paulo II está prevista a participação de 10 núcleos de futebol, num total de 120 participantes, sendo que no Complexo Desportivo Vitorino Nemésio prevê-se a comparência de 80 participantes de vários núcleos de ginástica de manutenção, aeróbica e hidroginástica.

Este evento desportivo contará com o apoio da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo e da Delegação de Angra do Heroísmo da Cruz Vermelha Portuguesa.


GaCS/SF/DRD

Esclarecimento da Secretaria Regional da Economia



Em relação a uma notícia publicada na edição de hoje do jornal Diário dos Açores, sobre a construção de uma rampa ro-ro no Cais de Cruzeiros de Ponta Delgada, vem a Secretaria Regional da Economia esclarecer o seguinte:

1 – Não é verdade que o investimento na construção da rampa ro-ro esteja pronto a ser utilizado;

2 – Não é verdade que as dimensões da rampa tenham reduzido o cais em cerca de 20 metros e que, por esse facto, diminua o número de navios que lá podem operar. O cais norte das Portas do Mar mantém uma disponibilidade de amarração de cerca de 96 metros e permite a operação quer do navio Express Santorini, quer do Hellenic Wind;

Realce-se que, no âmbito dos trabalhos de construção das rampas ro-ro, elaborados por uma empresa da especialidade, foram ouvidas diversas entidades, entre as quais os pilotos de cada uma das administrações portuárias da Região e, portanto, também de Ponta Delgada;

3 – A rampa do cais das Portas do Mar, à semelhança das restantes que irão ser construídas, foi projectada e construída de acordo com as especificações da Norma ISO 6812(
http://www.iso.org/) para este tipo de infra-estruturas e para navios ferry convencionais;

4 – Não é verdade que o tempo de realização da obra tenha qualquer relação com a entrada em operação do Hellenic Wind a 7 de Junho próximo. Como foi afirmado, os navios fretados para a operação sazonal de 2010/2011 e, em caso do exercício do direito de opção, 2012, estão dotados de rampas laterais pelo que não existe qualquer limite à operação do navio Hellenic Wind com esse tipo de rampas;

5 – A opção pela construção de um tipo de rampa de acordo com a norma ISO 6812 para este tipo de estruturas e para navios ferry convencionais foi consciente e informada, quer quanto às características das mesmas, quer quanto ao estádio do processo de definição do tipo de navios que irão assegurar essa operação;

6 – Reafirma-se o calendário já tornado público anteriormente, o qual consiste em estarem as rampas previstas operacionais na sua totalidade para a operação de 2012.


GaCS/NM

Judo açoriano conquista oito medalhas nos Jogos das Ilhas



A equipa de Judo dos Açores conquistou oito medalhas na competição de judo dos Jogos das Ilhas, que decorrem em São Miguel, quatro delas correspondentes ao 3º lugar obtido pelo selecionado masculino.

Em individuais, Pedro Soares, na categoria de -55 kg, ganhou a medalha de ouro correspondente ao primeiro lugar, o mesmo acontecendo com Maria Sousa, em -63 kg da competição feminina.

Carlos Vieira, em -90 kg, foi segundo, conquistando a medalha de prata da categoria.

Medalhado ainda Luis Silveira, que obteve o o terceiro posto e a correspondente medalha de bronze em -60 kg.

A equipa feminina classificou-se na quarta posição, já fora das medalhas.



GaCS/FA

Governo Regional apresenta fase final do Portal da Educação



A Secretária da Educação e Formação, Lina Mendes, preside à reunião da Comissão Permanente das Unidades Orgânicas do Ensino Público, que decorre em Ponta Delgada, para projectar as orientações para o próximo ano lectivo.

Lina Mendes vai aproveitar a ocasião, para apresentar a fase final de preparação do Portal da Educação, que se destaca pela importância numa maior interligação entre as escolas e pela aproximação que este possibilita à tutela.

No encontro estão a ser analisadas as questões referentes ao projecto de avaliação externa e a apresentação por parte das equipas de trabalho no que respeita à desburocratização dos procedimentos pedagógicos e administrativos das escolas, bem como, as propostas relativas ao reforço da autoridade dos professores.

Noutra vertente está a ser, ainda, realizada uma abordagem à possibilidade dos estabelecimentos de ensino terem um docente que coordene os projectos de Tecnologias de Informação e Comunicação, salientou a Secretária da Educação.

Estão envolvidos nesta reunião todos os presidentes executivos das escolas dos Açores, que em conjunto com Lina Mendes estão a debater várias temáticas para a organização atempada e preparação do próximo ano lectivo.



GaCS/SME

Candidaturas em matéria de Igualdade de Oportunidades com novas regras



A apresentação de candidaturas a projectos e a iniciativas apoiados pela Direcção Regional da Igualdade de Oportunidades decorre durante o primeiro semestre de cada ano, determina um despacho da Secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social hoje publicado em Jornal Oficial.

A decisão é justificada pela conveniência de uniformizar os procedimentos referentes àquelas candidaturas “para efeitos de análise e avaliação da pertinência técnica, registo e controle da execução de actividades”.

No seu despacho, que inclui dois anexos, com novos formulário de candidatura e modelo de relatório de execução, Ana Paula Marques alega ainda ser necessário uniformizar igualmente os procedimentos de avaliação da execução dos projectos “para efeitos de análise e avaliação da respectiva execução”.

A necessidade da Direcção Regional da Igualdade de Oportunidades “planear a execução da dotação orçamental para comparticipação de programas/ projectos/iniciativas”, ao abrigo da Portaria n.º 49/2009, de 22 de Junho, é outra das razões invocadas para esta alteração.

A portaria em questão regulamenta a cooperação da Secretaria Regional do Trabalho e Solidariedade Social, através da Direcção Regional da Igualdade de Oportunidades, com instituições particulares de solidariedade social (IPSS), organizações não governamentais (ONG´s), associações, organizações profissionais e fundações, em matéria de Igualdade de Oportunidades.


GaCS/FG

Presidente do Governo nomeia representante da Região na Comissão Interministerial para os Assuntos do Mar



O Presidente do Governo nomeou o Director Regional do Ambiente como representante da Região Autónoma dos Açores na Comissão Interministerial para os Assuntos do Mar.

A nomeação de Frederico Cardigos consta de um despacho de Carlos César, hoje publicado em Jornal Oficial, e produz efeitos imediatos.

Presidida pelo Primeiro-Ministro, a Comissão Interministerial para os Assuntos do Mar é constituída, a título permanente, por 12 Ministros e por representantes dos Governos dos Açores e da Madeira.


GaCS/FG

Marcelo Pamplona defende pesca sustentável no “I Fórum das Regiões Ultraperiféricas”



O Subsecretário Regional das Pescas afirmou hoje, em Bruxelas, que “a zona produtiva das RUP é muito curta, não equivalente à dimensão da enorme zona económica exclusiva, e, portanto, não é a resposta para o colmatar” da carência da União Europeia em termos de produção.

Numa intervenção integrada na mesa redonda sobre Pescas do “Fórum das Regiões Ultraperiférica”, Marcelo Pamplona salientou que as RUP têm frotas ajustadas à sua sustentabilidade e que seria inadequado e injusto que entrassem numa cadência de sobre-exploração insustentável para resolver o problema social das pescas no Continente europeu.

O Subsecretário Regional das Pescas afirmou ainda que o Princípio da Precaução tem de ser utilizado na abordagem às zonas marinhas dos Açores sendo, portanto, “imprescindível que as zonas marítimas das RUP sejam preservadas em termos de exploração de forma a proteger social e economicamente as comunidades piscatórias regionais.”.

“A solução da regionalização da gestão das ZEE das RUP passa pela criação de um Conselho Consultivo para as Pescas específico das RUP da Europa, mais abrangente, que permita definir regras para a sua exploração, e que permita incluir pescadores, a administração, os cientistas, e todos os interesses da fileira do Mar” – afirmou Marcelo Pamplona.

Depois das mesas redondas sobre a Biodiversidade, Cultura e parcerias nas fronteiras da Europa, nos quais intervieram nos debates o Subsecretário Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa e o Director Regional do Ambiente, decorreram hoje as mesas redondas sobre Agricultura, Pescas e Oportunidades Competitivas num contexto de Desenvolvimento Sustentável.

O “I Fórum das Regiões Ultraperiféricas” reúne cerca de 370 participantes, entre membros e funcionários das instituições, dos Estados, Regiões e organizações europeias, tendo sido salientado nos debates os condicionalismos, por exemplo, da agricultura, pescas e turismo das RUP, em contextos de falta de escala, distância aos mercados centrais e instabilidade meteorológica e financeira. Os vários intervenientes têm apelado, também, ao aproveitamento das potencialidades das RUP, a uma maior utilização de recursos alternativos, relacionados com a ciência e desenvolvimento tecnológico, a cultura, a produção de produtos e serviços de valor acrescentado e os serviços remotos, em ambiente de grande solidariedade continental, coesão territorial e respeito pela diferença e diversidade inerente aos territórios mais remotos da Europa.

A comitiva açorina que se deslocou a Bruxelas foi liderada pelo Secretário Regional da Presidência, em representação do Presidente do Governo, e inclui, para além dos Subsecretários Regionais das Pescas e dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa e dos Directores Regionais do Planeamento e Fundos Estruturais, dos Assuntos Comunitários da Agricultura e do Ambiente, representantes não governamentais, das câmaras de comércio e associações sócio-profissionais, sindicatos, Universidade e outros organismos dos Açores.



GaCS/SF/SsRAECE

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Açores com boas marcas nos Jogos das Ilhas na modalidade de atletismo



A equipa dos Açores que participa nos Jogos das Ilhas conseguiu hoje alguns bons resultados no atletismo, ao alcançar um primeiro lugar nas meias-finais dos 400 metros masculinos e um segundo lugar na final de lançamento do disco, da mesma categoria, com uma marca de 39,48 metros.

Na final dos 110 metros barreiras masculinos, a equipa açoriana alcançou um segundo e terceiro lugares e na segunda meia-final de 100 metros femininos, a Região obteve igualmente um terceiro lugar. As provas ainda decorrem.

Na 1ª fase da modalidade de ténis, na categoria de masculinos, os Açores venceram por 3-0 frente à equipa da Madeira.

Nas partidas disputadas com a equipa da Sardenha, na classe de femininos, a Região perdeu por 3-0. Para amanhã está programada a 3ª ronda desta competição nas categorias de masculinos e femininos.



GaCS/BP

Pista de atletismo das Laranjeiras com nível internacional



A Secretária Regional da Educação e Formação presidiu esta tarde à inauguração das obras de requalificação da pista de atletismo do Complexo Desportivo das Laranjeiras, em Ponta Delgada, que já recebeu certificação internacional.

Lina Mendes disse, na ocasião, que este investimento, no valor de 350 mil euros, é “mais uma prova do esforço e do empenho do Governo Regional na requalificação das infra-estruturas desportivas”.

A governante acrescentou que este tipo de investimentos é realizado pelo reconhecimento da importância “do desporto e da actividade física”, promovendo-se o acesso dos jovens a esta práticas salutares, potenciadoras de “melhor qualidade de vida”.

A governante disse ainda que esta infra-estrutura vai servir os alunos das escolas que a ela acedem e dela beneficiam para as suas aulas de educação física ou para as actividades do desporto escolar, em particular os estudantes da Escola Secundária das Laranjeiras, mas também para os clubes que diariamente nela promovem e desenvolvem o Atletismo através dos treinos dos seus grupos de trabalho.

Lina Mendes aproveitou a presença de Rosa Mota, convidada e membro da Comissão de Honra dos Jogos das Ilhas, que decorrem em São Miguel, para apresentar o exemplo da campeã olímpica para a motivação da juventude para a prática do desporto.

“Temos como honrosa companhia hoje uma das maiores figuras do atletismo Nacional, uma campeã olímpica, mas principalmente uma campeã do trabalho, da humildade e da dedicação à sua paixão pelo desporto”, sublinhou.

Estiveram também presentes na cerimónia, entre outras entidades, o Presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Fernando Mota, e p Presidente do Comité Organizador dos Jogos das Ilhas, Pierre Santoni.

A requalificação do equipamento desportivo hoje inaugurado inclui a substituição integral de todo o piso, em material sintético, da pista, zonas de saltos e de lançamentos e respectivas marcações, trabalhos que garantiram homologação pelas federações nacional e internacional, o que permite a organização de qualquer evento de atletismo de cariz internacional.

Em 2009, os Açores contaram com cerca de 1.400 atletas federados de atletismo (dos quais 547 femininos), 6,4 % do total de federados, sendo a modalidade individual mais expressiva.

Em S. Miguel, existem 854 federados na modalidade (dos quais 337 femininos), o que representa 8,92% do total de praticantes federados da ilha, sendo a terceira modalidade mais praticada.



GaCS/FA

Investimentos na área social na Terceira decorrem a bom ritmo



A Secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social visitou, esta tarde, as obras em curso da creche “O Girassol” da Casa do Povo da Terra-Chã, e o Centro de dia e ATL da Casa do Povo de Santa Bárbara, na Terceira.

Com o objectivo de analisar o desempenho dos acordos assinados entre o Governo e estas instituições e empresas responsáveis pelas obras, Ana Paula Marques mostrou-se satisfeita por ambas estarem a decorrer a bom ritmo.

Com um investimento na ordem dos 849 mil euros, o Centro de Dia e ATL da Casa do Povo de Santa Bárbara “é uma resposta fundamental, inserindo-se naquilo que é obrigação do Governo de dar uma resposta mais próxima às suas comunidades”, defendeu.

A obra de remodelação e ampliação do edifício da antiga escola da freguesia pretende assim garantir a capacidade do Centro de Dia para 30 utentes e o ATL para 25.

A Secretária Regional realçou a ideia de “em detrimento de fazermos mais lares de idosos, preferimos apostar em fazer centros de dia, para que esses idosos permaneçam nas suas famílias”

A creche “O Girassol” da Casa do Povo da Terra Chã, que deverá estar concluída em Agosto, terá com as novas instalações espaço para 80 crianças (cerca do dobro da capacidade anterior).

“Esta obra está em sintonia com outros investimentos que estamos a fazer nesta freguesia, que é o caso do bairro da Terra Chã”, garante a Secretária Regional.

Sobre este bairro, Ana Paula Marques adiantou ainda que “estamos na fase de consignação desta empreitada, da primeira fase de construção e requalificação deste, que é um bairro que precisa de uma grande intervenção”.

No que diz respeito às restantes obras em curso na Terceira, sob a sua tutela, a Secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social afirma que “nesta legislatura fechamos o ciclo de investimentos na área social, e com respostas que talvez sejam as melhores, em termos de capacidade, dentro do arquipélago”.



GaCS/AMP

Prazo de candidaturas ao concurso à Afectação por prioridade e Afectação dos Quadros de Zona Pedagógica tem início às 0 horas do dia 1 de Junho de 201



Às 0 horas do dia 1 de Junho de 2010 tem início o prazo de candidaturas ao Concurso à Afectação por prioridade e Afectação dos Quadros de Zona Pedagógica, regulamentados pelos artigos 35º e 36º do Regulamento de Concurso de Pessoal Docente, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional nº 27/2003/A, de 9 de Junho, respectivamente, terminando este prazo no dia 14 de Junho de 2010.

Os docentes dos quadros de escola que pretendam beneficiar de deslocação por um ano escolar terão de fazer a necessária candidatura à afectação por prioridade, nos termos do artigo 35º do Regulamento de Concurso de Pessoal Docente, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional nº 27/2003/A, de 9 de Junho, sendo graduados em situação de prioridade os que se candidatem sendo portadores de doença ou deficiência própria, ou tenham a seu cargo cônjuge, ascendente ou descendente portador de doença ou deficiência (nº 4 do artigo 35º).

Os docentes dos quadros de zona pedagógica que não tenham obtido colocação em quadro de escola devem fazer a afectação nos termos do artigo 36º do Regulamento de Concurso de Pessoal Docente, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional nº 27/2003/A, de 9 de Junho.

Os docentes colocados em quadro de escola e de zona pedagógica devem proceder à candidatura através do preenchimento do formulário, distribuído por via electrónica no seguinte endereço:
http://concursopessoaldocente.azores.gov.pt/ , devendo estes ordenar as suas preferências até à totalidade das escolas do quadro de zona pedagógica a que se encontram vinculados.


GaCS/DREF