sexta-feira, 8 de abril de 2016

Investimentos do Governo garantem soluções eficazes na gestão de resíduos nos Açores

O Presidente do Governo dos Açores visitou hoje a obra de selagem da lixeira e de construção do aterro de inertes do Corvo, um investimento de cerca de 340 mil euros que se integra na política que garante soluções eficazes e adequadas para a gestão de resíduos na Região.

Após a visita de Vasco Cordeiro a esta empreitada, integrada na visita estatutária à ilha do Corvo, o Secretário Regional da Agricultura e Ambiente salientou, em declarações aos jornalistas, que a política de gestão de resíduos que está a ser implementada constitui “uma pequena grande revolução” que se está a verificar nesta área.

Luís Neto Viveiros explicou que, à fase de selagem de lixeiras e aterros, segue-se “a construção e entrada em funcionamento dos Centros de Processamento de Resíduos (CPR)” em sete das nove ilhas do arquipélago, conforme previsto.

Assim, desde 2012, quando existiam dois CPR em funcionamento e lixeiras e aterros não licenciados em várias ilhas, foi concluída a construção dos sete Centros de Resíduos, num investimento global de 40 milhões de euros, e foram já seladas quatro lixeiras na Graciosa e nas Flores, com um custo de 1,8 milhões de euros.

Atualmente, conforme previsto na Carta Regional de Obras Públicas, decorrem a empreitadas de selagem da lixeira e construção de um aterro de inertes no Corvo, no valor de cerca de 400 mil euros, e a selagem da lixeira de Santa Maria.

Foram também já abertos os concursos públicos para as empreitadas de selagem das lixeiras de São Jorge e do aterro do Faial.               

As opções políticas tomadas pelo Governo dos Açores em matéria de gestão dos resíduos apontam para que a deposição de resíduos em aterro seja reduzida ao mínimo indispensável e que os atuais locais de deposição sejam objeto de intervenções de selagem e recuperação paisagística, com ganhos ambientais e para saúde pública.

Esta política permite igualmente ganhos sob o ponto de vista de oportunidades de negócios para o setor privado e criação de novos postos de trabalho.

Anexos:
2016.04.08-SRAA-VisitaObraAterroCorvo.mp3

GaCS

Sem comentários: