terça-feira, 22 de Abril de 2014

Governo dos Açores anuncia medidas de combate à eutrofização na Lagoa das Furnas

O Secretário Regional dos Recursos Naturais anunciou hoje que o Governo dos Açores prevê reduzir em mais de 50% a carga total de nutrientes que afluem à Lagoa das Furnas, no âmbito do combate à eutrofização, através da retirada das restantes áreas de pastagem das suas margens e com a obra para desvio dos afluentes da ribeira do Salto da Inglesa.

“Com esta retirada da atividade pecuária de cerca de 60 hectares na margem oeste da Lagoa das Furnas, já a partir de 01 de julho, cria-se em todo o perímetro da Lagoa uma área de cerca de 900 hectares de proteção à massa de água, imprescindível ao plano implementado pelo Governo para contrariar o fenómeno da eutrofização”, afirmou Luís Neto Viveiros, na cerimónia que assinalou, ainda, o Dia Mundial da Terra e Dia Nacional do Património Geológico.

Segundo o Secretário Regional, que falava na assinatura do Contrato-Promessa de Permuta de Terrenos de Pastagem na Margem da Lagoa das Furnas, o Governo dos Açores vai, também, avançar com a obra hidráulica para desvio dos afluentes da ribeira do Salto da Inglesa.

“Trata-se de uma empreitada que se reveste de alguma complexidade técnica, quer pela dimensão da conduta, quer pela orografia do terreno, e que está orçada em cerca de 1,3 milhões de euros”, avançou Luis Neto Viveiros, adiantando que o projeto estará concluído até ao final do próximo mês, de modo a que a obra se possa iniciar ainda este ano.

Para o titular regional do Ambiente, o Plano de Ordenamento da Bacia Hidrográfica da Lagoa das Furnas possibilitou que, na última década, fosse implementado um conjunto de ações corretivas e preventivas que pretendem compatibilizar os usos e as atividades com a proteção e valorização ambiental.

A primeira fase da intervenção paisagística passou pela aquisição de 265 hectares de terrenos agrícolas, num investimento de cerca de 7,5 milhões de euros, que retirou áreas de pastagem, removeu toneladas de resíduos abandonados e procedeu à transformação da paisagem, através da eliminação das espécies de plantas invasoras e substituição por flora nativa e da criação de áreas de floresta.

Segundo disse, foram, assim, já recuperados cerca de 220 hectares de terrenos, expedidos mais de 6.500 rolos de silagem, equivalentes à remoção de 4.500 toneladas de ervas das pastagens, erradicada flora invasora de um total de 160 hectares de pastagens, produzidas, em viveiro, mais de 10.000 plantas herbáceas nativas e ameaçadas e plantadas cerca de 115.000 árvores e arbustos de 50 espécies.

Apesar da evolução positiva da qualidade da água da Lagoa das Furnas, desde 2008, o Governo dos Açores ainda não está satisfeito com os parâmetros qualitativos, assegurou Luis Neto Viveiros, ao salientar que os esforços desenvolvidos aplicam-se, também, a outras lagoas dos Açores.

“Assim, para além dos planos para as lagoas das Furnas, das Sete Cidades, do Fogo, do Congro, de São Brás e da Serra Devassa, em São Miguel, elaboramos e implementamos os Planos de Ordenamento das Bacias Hidrográficas das lagoas Branca, Negra, Funda, Comprida, Rasa, Lomba e Patas, na ilha das Flores, e das lagoas do Caiado, Capitão, Paul, Peixinho e Rosada, na ilha do Pico”, adiantou.

Esta cerimónia decorreu no Centro de Monitorização e Investigação das Furnas, distinguido com o "Premio Internazionale Architetture di Pietra 2011", na cidade italiana de Verona, pela qualidade espacial e arquitetónica do projeto assinado por Manuel Aires Mateus, e pela sua execução em pedra local, neste caso, o basalto.

“Se dúvidas houvesse sobre a importância da sua construção e do papel que desempenha na tradução da linguagem científica para formas capazes de cativar os visitantes para uma melhor compreensão da Natureza, assim como para atividades lúdicas e de recuperação ecológica da paisagem, bastaria dizer que registou, em 2013, um aumento de visitantes de mais de 181% para as dissipar”, concluiu o Secretário Regional.



Anexos:

GaCS

Agenda do Governo Regional dos Açores para 23 e 24 de abril - Atualizada

QUARTA-FEIRA, DIA 23:

ATIVIDADES DO PRESIDENTE DO GOVERNO:

O Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, recebe, em audiência, no âmbito do processo de auscultação sobre a proposta do Programa Operacional 2014-2020, os Partidos Políticos com representação parlamentar, de acordo com o seguinte horário:

09H00 - PPM

09H45 - PCP

10H30 - BE

11H15 - CDS/PP

12H00 - PSD/A

12H45 - PS/A

Local: Palácio de Santana, em Ponta Delgada.

ATIVIDADES DOS OUTROS MEMBROS DO GOVERNO:

09H00 - O Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas, Rodrigo Oliveira, participa, em Rodes, na Grécia, na 34.ª Assembleia Geral da Comissão das Ilhas da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas.

NOTA: indica-se a hora local, mais três do que nos Açores.

14H30 - O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte, está presente na cerimónia de entrega de diplomas de mérito por ocasião do Dia do Patrono da Escola Secundária Antero de Quental.

Local: Escola Secundária Antero de Quental, em Ponta Delgada.

21H00 - O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte, profere uma palestra sobre Antero de Quental.

Local: Instituto Cultural de Ponta Delgada, rua José Maria Raposo de Amaral.

OUTROS AGENDAMENTOS:

10H00 - O Chefe de Gabinete do Secretário Regional dos Recursos Naturais, Norberto Oliveira, está presente, em representação do Presidente do Governo, nas comemorações do Feriado Municipal do Concelho de Velas.

Local: Auditório Municipal de Velas.

QUINTA-FEIRA, DIA 24:

10H30 - A Diretora Regional da Educação, Graça Teixeira, está presente na entrega do Prémio Fundação Ilídio Pinho Ciência na Escola.

Local: Escola Básica e Secundária Tomás de Borba, em Angra do Heroísmo.




GaCS

Esclarecimento da Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura

A Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura, face a notícias que envolvem a atividade da Inspeção Regional de Educação (IRE), esclarece o seguinte:

A IRE goza de autonomia e independência técnica no exercício das atividades inspetivas que lhe sejam confiadas.

Este corpo inspetivo possui plano de atividades e o seu responsável realiza, regularmente, com a tutela reuniões de trabalho para acompanhamento das atividades desenvolvidas.

A IRE atua no estrito cumprimento da lei e, por isso, instrui tão só os processos disciplinares que lhe são remetidos pelas unidades orgânicas - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura e Direção Regional da Educação-, procurando sempre desempenhar um papel “prospetivo e preventivo”.

Lamenta-se o teor das declarações do Senhor Presidente do Sindicato dos Inspetores da Educação e do Ensino, entidade que representa apenas oito das quinze pessoas que exercem funções na IRE.




GaCS

Está criado um consenso importante sobre a estratégia de desenvolvimento dos Açores, afirma Sérgio Ávila

O Vice-Presidente do Governo Regional considera estar criado “um consenso bastante importante” sobre o Programa Operacional dos Açores que será financiado pelos fundos comunitários FEDER e FSE no período 2014-2020.

À saída de uma reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica, que integra membros do Governo e representantes dos parceiros sociais da região, Sérgio Ávila sublinhou a consonância acerca do “documento estratégico que irá nortear o desenvolvimento da região”, permitindo concretizar, até 2020, os objetivos traçados.

Segundo revelou, o Governo dos Açores pretende que “o nível de produção e de rendimento se situe entre os 80 e os 84 por cento da média da União Europeia a 28 países.”

Também são considerados essenciais os objetivos de “duplicar o investimento em investigação e desenvolvimento, assegurar que 30 por cento da população entre os 30 e os 34 anos tenha como habilitação mínima o ensino superior, conseguir que entre 45 e 53 por cento da produção de energia elétrica seja com fontes renováveis, reduzir para metade a taxa de abandono escolar precoce e situar a taxa de emprego entre a população dos 20 aos 64 anos num nível superior a 70 por cento.”

“Estes objetivos visam criar um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo”, afirmou Sérgio Ávila, para quem a estratégia do Governo dos Açores “concilia, por isso mesmo, os fundos de investimento no âmbito do FEDER, que são infraestruturas, com os investimentos no âmbito do capital humano, que é o Fundo Social Europeu.”

A intenção última é assegurar a concretização de três eixos considerados vitais e que o Vice-Presidente do Governo dos Açores enumerou: “uma especialização inteligente, assente numa base económica de exportação dinâmica, uma sustentabilidade territorial da paisagem e de uma vivência dinâmica e uma sociedade inclusiva, mais igualitária e com maiores oportunidades de realização.”

Sérgio Ávila reiterou que “essa estratégia visa conciliar os fundos que apostam nas pessoas, no desenvolvimento das suas qualificações, na melhoria da sua empregabilidade, no reforço da capacidade de a própria sociedade incluir quem, neste momento, está excluído, com uma grande dinâmica da atividade económica.”

O governante lembrou, a propósito, que “em termos práticos 50 por cento dos fundos afetos ao FEDER serão destinados ao desenvolvimento das empresas, à investigação e às áreas ligadas á competitividade empresarial.”

Sérgio Ávila frisou ainda haver “um crescimento muito significativo, superior a 60 por cento”, das dotações no âmbito do Fundo Social Europeu ligadas aos programas de emprego, de apoio social e da área da educação.

“Isso revela bem as prioridades que mereceram o consenso e o apoio da generalidade dos parceiros sociais”, afirmou o Vice-Presidente do Governo.


Anexos:
2014.04.22-VPGR-ReuniãoConselhoConcertaçãoEstratégica.mp3
GaCS

Vasco Cordeiro quer acompanhamento próximo do processo de abolição das quotas face à importância do sector do leite

O Presidente do Governo dos Açores defendeu hoje, numa audiência com a Ministra da Agricultura e do Mar, a necessidade de um acompanhamento muito próximo e direto do processo de abolição das quotas leiteiras, tendo em conta a importância que o setor do leite e lacticínios assume para a economia da Região.

“A situação dos Açores deve ser devidamente ponderada e salientada, ao nível dos mecanismos e nas negociações europeias, tendo em conta o peso que este setor tem na Região”, afirmou Vasco Cordeiro, depois da audiência com Assunção Cristas, que decorreu em Ponta Delgada.

Em declarações aos jornalistas, o Presidente do Governo lembrou que os Açores contribuem com mais de 30 por cento para a produção do leite do país. Perante isso, defendeu a necessidade de, no âmbito das conversações com as instituições comunitárias, ser sempre salientada a importância deste setor numa Região ultraperiférica e arquipelágica, com “tudo o que isso implica do ponto de vista de desafios”.

Relativamente às Pescas, Vasco Cordeiro destacou as questões que se prendem com o Regulamento comunitário para a pesca de profundidade, nomeadamente, a necessidade de se acautelar que os pescadores açorianos não sejam, injustificadamente, prejudicados por exigências comunitárias relacionadas com o histórico de pesca. 

No que tem a ver com o Mar, Vasco Cordeiro realçou, por outro lado, um dos aspetos que ainda recentemente foi reforçado no Acórdão do Tribunal Constitucional, nomeadamente, a gestão partilhado do Mar dos Açores.

Despois de referir que a Lei de Bases sobre esta matéria, em alguns aspetos, não corresponde àquilo que o Governo dos Açores e a Assembleia Legislativa pretendiam ver acautelado, o Presidente do Governo adiantou que está, neste momento, a ser desenvolvido um trabalho para que, do ponto de vista substantivo, fiquem salvaguardados os aspetos que interessam aos Açores.

“Desde logo, o facto de nós termos um histórico de políticas e de ações que valorizam o Mar dos Açores e que acompanham os objetivos que o país e a própria União Europeia defendem”, disse Vasco Cordeiro, para quem o objetivo principal nesta matéria passa por transformar o enorme potencial que o Mar apresenta em oportunidades de criação de riqueza e de emprego.


Anexos:


GaCS

Trio Variarum realiza concerto na Graciosa integrado na Temporada Artística 2014

A Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, promove, no próximo dia 26, no auditório do Centro Cultural da Graciosa, a realização de um concerto com o Trio Variarum, no âmbito da Temporada Artística 2014.

O Trio Variarum, que atuará na Vila de Santa Cruz da Graciosa pelas 21h30, é formado por José de Sousa, Antonella Barletta e Taras Poustovgar, professores do ensino artístico na Escola Básica e Secundária Tomás de Borba, em Angra do Heroísmo.

Este é um conjunto de música de câmara aberto à exploração e interpretação de repertórios de diferentes épocas, e neste concerto executará obras essencialmente românticas dos séculos XIX, XX e XXI, da autoria de Nunzio Ortolano,  Dmitri Yavtuhovich, Heitor Villa-Lobos, Gerald Finzi, Joseph Küffner, Máximo Pujol e de Jaka Pucihar.

José de Sousa é natural da Vila das Lajes, onde nasceu em 1972. Licenciado em Guitarra pela Escola Superior de Música de Lisboa, foi o primeiro terceirense a licenciar-se em Guitarra. Frequentou várias masterclasses com reconhecidos guitarristas. É professor de Guitarra na Escola Básica e Secundária Tomás de Borba desde 2006 e é Coordenador do Ensino Artístico, da mesma escola, desde 2012.

Natural da Ucrânia, onde nasceu em 1968, Taras Poustovgar concluiu o, em 1993, o curso superior de Clarinete no Conservatório Nacional da Ucrânia. Solista da orquestra do Teatro de Ópera e Ballet de Kiev, realizou nesta qualidade várias digressões pela França, Espanha, Eslovénia, Croácia e Portugal. Desde 1995 é professor de Clarinete no Conservatório Regional de Angra do Heroísmo. A partir daí tem realizado vários concertos como solista da Orquestra do Teatro Angrense, da Orquestra Francisco de Lacerda e como membro de vários conjuntos de música da câmara. Em 2007, realizou uma tournée nos EUA com o Quarteto "Entertainer".

Por sua vez, Antonella Barletta nasceu em 1971, em Itália. É licenciada em Piano, Didática da Música e Jazz, tendo participado em vários concursos nacionais e internacionais. Desde 2009 é professora de piano, musicoterapeuta e pianista acompanhadora no Departamento do Ensino Artístico da EBS Tomás de Borba, em Angra do Heroísmo. A partir de 2010 toca na Orquestra AngraJazz realizando, por este facto, periodicamente concertos nos Açores e no Continente. No mesmo ano fundou um conjunto de música jazz, o “Wave Jazz Ensemble”, realizando vários projetos com a colaboração de músicos locais e de Portugal continental.



GaCS

Nomeado o júri do prémio de arquitetura "Paulo Gouveia"

O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte, em despacho hoje publicado em Jornal Oficial, nomeou cinco personalidades para o júri do prémio de arquitetura “Paulo Gouveia”.

Álvaro Siza Vieira, convidado da Direção Regional da Cultura, Carlos Marques, em representação da Delegação dos Açores da Secção Regional do Sul da Ordem dos Arquitetos Portugueses, Vanda Oliveira Aguiar, representante da Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, Pedro Marques, representante da Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas dos Açores, e Ângelo Santos, em representação da Direção Regional da Cultura, constituem o júri agora nomeado.

O prémio “Paulo Gouveia”, que visa “premiar, a cada biénio, no anos pares, as obras de recuperação e reabilitação cujo projeto mereça destaque por respeitar o património edificado e privilegiar o uso de materiais endógenos, sem excluir o uso de linguagem contemporânea”, tem a data limite de 10 de julho de 2014 para apresentação das inscrições.

O prémio, de acordo com o despacho do Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, será entregue, com o respetivo diploma e correspondente placa, em sessão pública que se realizará no dia 4 de novembro de 2014.



GaCS

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Agenda do Governo Regional dos Açores para 22 e 23 de abril

TERÇA-FEIRA, DIA 22:

ATIVIDADES DO PRESIDENTE DO GOVERNO:

10H00 - O Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, recebe, em audiência, a Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas.

Local: Palácio de Santana, em Ponta Delgada.

11H00 - O Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, preside à reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica.

Local: Centro Cultural e de Congressos - Teatro Micaelense, em Ponta Delgada.

15H30 - O Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, recebe, em audiência, o Presidente do Conselho de Administração, Jaime Gama, e o Presidente da Comissão Executiva do BES/Açores, Gualter Furtado.

Local: Palácio de Santana, em Ponta Delgada.

16H30 - O Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, preside à cerimónia de assinatura do contrato promessa de permuta de terrenos de pastagem na margem da Lagoa das Furnas e à apresentação do projeto de desvio dos afluentes da ribeira do Salto da Inglesa.

Local: Centro de Monitorização e Investigação das Furnas, na Lagoa das Furnas, Concelho de Povoação.

ATIVIDADES DOS OUTROS MEMBROS DO GOVERNO:

14H00 - O Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas, Rodrigo Oliveira, participa, em Rodes, na Grécia, na 34.ª Assembleia Geral da Comissão das Ilhas da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas.

NOTA: indica-se a hora local, mais três do que nos Açores.

OUTROS AGENDAMENTOS:

09H00 - A Diretora Regional da Educação, Graça Teixeira, está presente na reabertura da Escola Básica e Jardim-de-Infância do Ramalho.

Local: rua Dr. João Hickling Anglin, em Ponta Delgada.

14H00 - A Diretora Regional da Educação, Graça Teixeira, está presente na cerimónia de entrega de prémios aos jardins-de-infância vencedores do concurso “A Nossa História”.

Local: Escola Básica Integrada de Lagoa, rua Eng.º Jaime Sousa Lima.

QUARTA-FEIRA, DIA 23:

09H00 - O Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas, Rodrigo Oliveira, participa, em Rodes, na Grécia, na 34.ª Assembleia Geral da Comissão das Ilhas da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas.

NOTA: indica-se a hora local, mais três do que nos Açores.

14H30 – O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte, está presente na cerimónia de entrega de diplomas de mérito por ocasião do Dia do Patrono da Escola Secundária Antero de Quental.

Local: Escola Secundária Antero de Quental, Largo dos Mártires da Pátria, em Ponta Delgada.

21H00 – O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte, profere uma palestra sobre Antero de Quental.

Local: Instituto Cultural de Ponta Delgada, rua José Maria Raposo de Amaral. 




GaCS

Governo dos Açores regulariza progressões e diuturnidades nas IPSS

O Governo dos Açores vai proceder, este ano, à regularização dos pagamentos das progressões e diuturnidades vencidas até 31 de dezembro de 2013 dos trabalhadores das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e das Misericórdias da Região.  

Com esta medida, o Governo conclui este processo de regularização da situação dos trabalhadores das IPSS e das Misericórdias, com base no antigo sistema de financiamento direcionado para suportar os custos de funcionamento das instituições.

Com os novos critérios acordados, há uma mudança de modelo no financiamento público às instituições, que passa a estar centrado no apoio por utente e em função das diversas valências disponibilizadas pelas instituições, a quem cabe assumir os seus custos de funcionamento.

“Estas alterações irão permitir reforçar a rede de apoio social, centrando o apoio no utente, de modo a garantir mais e melhores serviços prestados, nesta área, às Açorianas e Açorianos”, frisou a Secretária Regional da Solidariedade Social. 

Para Piedade Lalanda, “o trabalho desenvolvido em conjunto com as instituições visa reforçar as potencialidades da rede de apoio social, na qual as IPSS e as Misericórdias desempenham um papel muito importante”.

O novo modelo garante a estas instituições um reforço do montante global disponibilizado, que passa de 52 milhões para 53,6 milhões de euros em 2014.



GaCS

Presidente do Governo reúne Concertação Estratégica e ouve partidos sobre Programa Operacional 2014-2020

O Presidente do Governo preside terça-feira ao Conselho Regional de Concertação Estratégica e recebe, no dia seguinte, os partidos políticos para analisar a proposta do Programa Operacional dos Açores, que será financiado pelos fundos comunitários FEDER e FSE no período 2014-2020.

O Conselho Regional de Concertação Estratégica, órgão de consulta e concertação nos domínios das políticas económica, social e ambiental, que integra representantes dos parceiros sociais da Região, reúne pelas 11 horas de terça-feira, em Ponta Delgada.

No dia seguinte, quarta-feira, Vasco Cordeiro dedica a manhã a uma ronda de audições com os partidos representados na Assembleia Legislativa, nomeadamente PPM, PCP, BE, CDS/PP, PSD e PS.

O Presidente do Governo apresentou recentemente a proposta do Programa Operacional para o horizonte 2014-2020, que terá uma dotação de mais de 1,1 mil milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e do Fundo Social Europeu (FSE).

As principais medidas, a tipologia dos investimentos a considerar e os critérios de seleção dos projetos constantes deste novo programa foram abordados com responsáveis pelas direções gerais da Comissão Europeia, num diálogo informal que decorreu nas últimas semanas e que se prolongará ao longo dos próximos meses, de acordo com o calendário definido.

Para esse diálogo e para a negociação que agora se está a iniciar com as instâncias comunitárias, o Governo dos Açores pretende continuar a contar com a participação dos parceiros sociais e dos partidos políticos da Região.

Depois de uma negociação sobre os montantes de fundos comunitários para os Açores, com resultados muito positivos para a Região, entrou-se na fase, devidamente articulada com o País, de preparação e submissão à Comissão Europeia das propostas de programas operacionais que concretizam as condições de admissão e financiamento dos projetos e dos investimentos nos Açores que serão promovidos e financiados por fundos comunitários.

A ronda de auscultações que vai decorrer esta semana é a segunda promovida pelo Presidente do Governo sobre esta matéria, depois de, em maio de 2013, ter recebido os parceiros sociais e os partidos políticos para recolher os seus contributos com vista à elaboração deste documento.



GaCS

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor comemorado nos Açores

A Direção Regional da Cultura, através dos seus Serviços Externos, associa-se às comemorações do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se celebra anualmente a 23 de abril, com iniciativas em várias ilhas.

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo assinala a data, realizando, nas suas instalações, mais uma edição da “Troca-Troca de Livros”, aberta a toda a comunidade.

Nesta iniciativa, que decorrerá entre as 10h00 e as 18h00, cada leitor é convidado a levar um ou mais livros e a trocá-los por outros levados por outros leitores, de acordo com determinadas regras, nomeadamente que a troca é definitiva e gratuita.

Por seu turno, a Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, na Horta, promove, também a 23 de abril, entre as 9h00 e as 19h00, na Sala de Leitura, uma mostra bibliográfica dedicada aos escritores que receberam o Prémio Nobel da Literatura.

Ainda neste dia, a partir das 19h00, decorrerá, no Auditório, uma sessão de leitura em voz alta, com crianças a partir dos sete anos.

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada também assinala o Dia Mundial do Livro, promovendo um serão de contos destinado a toda a família, com o grupo de teatro ALAPA, nos dias 23 e 24 de abril, pelas 21h00.

Esta iniciativa, intitulada "Contos d'Algum Tempo", visa, através da narração de contos populares, da tradição oral e do património imaterial português, proporcionar um ambiente de convívio, ao som de música de raiz tradicional, com violas e violino, numa evocação do tempo em que contos e cantares animavam os serões em família.

O Grupo de Teatro ALAPA (Ajuntamento Lutando Assim Porém Às-Vezes) iniciou a sua atividade em 2008, ensaiando um teatro mínimo em recursos cénicos, com base num texto normalmente da autoria do grupo, alternando entre o registo da ficção e o do narrador ou 'performer', que se dirige diretamente ao público, interpelando-o.

Desta metodologia são exemplo as Comédias de Carnaval “As Três Danças Censuradas” (2011), “Verde Céu” (2012) e “Comédia de Espada” (2014).

A Biblioteca Pública de Ponta Delgada promove, também a 23 de abril, pelas 10h00, a realização da atividade intitulada “Conta… conTapetes”, destinada a crianças dos três aos oito anos, num máximo de 25.

O 'conTapete' é um tapete confecionado em tecido que representa a narrativa e a ilustração de um livro, que os participantes são convidados a escutar, contar e experienciar.

Esta atividade tem a duração de 60 minutos e será realizada a partir dos livros "Chibos Sabichões", de Federico Fernandez e Olalla González, e "O Grufalão", de Axel Scheffler e Julia Donaldson, todos recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

O Dia Mundial do Livro foi instituído pela UNESCO em 1995, com o objetivo de reconhecer a importância e a utilidade dos livros, bem como incentivar hábitos de leitura na população.

Esta data foi escolhida por se assinalar a 23 de abril o falecimento, em 1616, de Miguel de Cervantes, o nascimento, em 1899, de Vladimir Nabokov e ainda o nascimento, em 1564, e o falecimento, em 1616, de William Shakespeare.




GaCS

Açores participam na 34.ª Assembleia-Geral da Comissão das Ilhas da Europa

O Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas participa, esta semana, em Rodes, na Grécia, na 34.ª Assembleia-Geral da Comissão das Ilhas da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas (CRPM), um encontro que vai analisar como podem as novas políticas da União Europeia ajudar as ilhas a ultrapassar os desafios com que estão confrontadas e a aproveitar oportunidades.

“A participação na Comissão das Ilhas é, efetivamente, de grande interesse para a Região, desde logo porque, embora a atuação dos Açores junto das instituições europeias se faça com base e por força do estatuto de Região Ultraperiférica, que tem uma consagração específica e reforçada nos tratados, todos os avanços e medidas que forem conseguidas para as ilhas serão também aplicáveis às RUP, que são maioritariamente, embora não exclusivamente, territórios insulares”, afirmou Rodrigo Oliveira.

A 34.ª Assembleia-Geral da Comissão das Ilhas, que decorre terça e quarta-feira, integra o programa da Presidência Grega da União Europeia, merecendo especial destaque a presença do comissário europeu responsável pela Política Regional e Urbana, Johannes Hahn.

Nos trabalhos deste encontro estarão também em análise temas como o turismo, as acessibilidades e o desenvolvimento das políticas da União Europeia nos domínios da energia e das pescas.

Rodrigo Oliveira fará uma intervenção sobre os desafios da agricultura, integrando ainda uma mesa redonda sobre o enquadramento, financiamento e implementação da Política de Coesão nas regiões insulares.

A Comissão das Ilhas da CRPM, que agrega os governos de 24 regiões insulares de 12 países, representando um total de mais de 13 milhões de cidadãos europeus, tem por objetivo “reforçar a cooperação regional entre as ilhas, o desenvolvimento de posições comuns, a troca de boas práticas, mas também trabalhar com os Estados e as instituições europeias para chamar a atenção destes níveis de poder sobre as particularidades, as dificuldades e os desafios dos territórios insulares da Europa”, salientou o Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas.


Anexos:
2014.04.21-SsRPRE-ComissãoIlhasCRPM.MP3
GaCS

sábado, 19 de Abril de 2014

Presidente do Governo felicita Juncal pelo título de Campeão Nacional de Ténis de Mesa

O Presidente do Governo dos Açores felicitou hoje o Grupo Desportivo do Centro Social do Juncal por ter conquistado, pela primeira vez na sua história, o título de Campeão Nacional da I Divisão de Ténis de Mesa, em Seniores Femininos.

Na mensagem de felicitações, Vasco Cordeiro salienta que, além de constituir um marco na história do clube, “esta conquista assume ainda maior relevância por ter contado com o contributo de jovens atletas formadas no próprio clube, o que demonstra a correta aposta feita nos escalões de formação”.

O Presidente do Governo saudou, assim, as atletas, a equipa técnica e os dirigentes do Grupo Desportivo do Centro Social do Juncal, fazendo “votos que o trabalho e a dedicação que colocam no trabalho se possam traduzir em mais conquistas desportivas para os Açores”.




GaCS

Presidente do Governo considera positivo encontro com John Boehner

O Presidente do Governo dos Açores considerou hoje positivo o encontro de trabalho que manteve, em Lisboa, com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e com o Presidente da Câmara dos Representantes do Congresso dos EUA, que permitiu reiterar a relevância que a Base das Lajes tem no âmbito da relação diplomática existente entre Portugal e os Estados Unidos.

O encontro com esta delegação de congressistas norte-americanos, liderada por John Boehner e na qual se integrava Devin Nunes, “permitiu reforçar este trabalho que tem sido feito de sensibilização da importância que a Base das Lajes assume no contexto da relação diplomática entre os dois países”, afirmou Vasco Cordeiro aos jornalistas.

O Presidente do Governo frisou que este encontro, em que participou também o Ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, permitiu ainda confirmar que existe um conjunto de congressistas, entre os quais Devin Nunes e Jim Costa, que “compreendem perfeitamente esta ligação e que têm trabalhado para fortalecê-la e preservá-la”.

Devin Nunes apresentou, recentemente, uma proposta legislativa na Câmara dos Representantes, subscrita por cerca de 40 congressistas, que pretende mandatar o Secretário da Defesa dos Estados Unidos para elaborar um relatório a ser submetido ao Congresso sobre o AFRICOM – Comando dos Estados Unidos para a África.

Este relatório terá de incluir uma análise à deslocação do comando AFRICOM da Alemanha para o território continental dos EUA e à transferência da Base das Lajes da alçada do Comando Central Europeu para a tutela do AFRICOM, assim como à transferência de forças militares posicionadas na Base de Moron, em Espanha, para as Lajes.

Vasco Cordeiro salientou que esta proposta legislativa, que o Governo dos Açores acompanha com muita atenção, está ainda no âmbito do Congresso e, desse ponto de vista, é “algo que está a fazer o seu caminho normal dentro das instituições políticas dos Estados Unidos”.



Anexos:
2014.04.18-PGR-DelegaçãoCongressistas.mp3
GaCS

Luís Neto Viveiros realça papel das associações agrícolas na formação de jovens profissionais

O Secretário Regional dos Recursos Naturais destacou, na entrega dos diplomas do 8.º Curso de Preparadores de Animais promovido pela Associação Agrícola de São Miguel, a importância do papel desenvolvido por esta organização ao nível da formação de ativos do setor agropecuário, em particular dos jovens.

“Contribui para a formação de jovens na atividade, nomeadamente e considerando este curso, tendo em vista o melhoramento e a seleção animal”, afirmou Luís Neto Viveiros, considerando que a adesão de cerca de 60 participantes a este curso, na sua maioria jovens, é um sinal da “importância desta iniciativa”.

Para Luís Neto Viveiros, este curso também reflete o “rejuvenescimento do setor nos Açores”, assim como a importância do papel que as associações podem desenvolver na formação e na implementação de boas práticas, consideradas pelo Governo Regional como essenciais ao desenvolvimento desta atividade.

O curso, que decorreu durante a semana e terminou quinta-feira, foi ministrado por Gerardo Cadaya, um formador espanhol especializado em concursos europeus da Raça Holstein Frísia.

A iniciativa visou melhorar a apresentação e qualidade dos animais nos concursos pecuários, que são uma montra das potencialidades do setor agropecuário açoriano.



GaCS

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Luís Cabral exorta presidente do Sindicato Independente dos Médicos a esclarecer se vem aos Açores defender a classe ou em campanha eleitoral

O Secretário Regional da Saúde considerou estranho que, passadas três semanas sobre a divulgação da notícia do entendimento entre a Secretaria e os sindicatos, o presidente do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) “venha agora aos Açores desmentir esse entendimento”.

Luís Cabral, em declarações aos órgãos de comunicação social, afirmou que “qualquer pessoa pode rever as declarações dos representantes sindicais”, feitas na sequência do encontro realizado em Lisboa, e “perceber o que se passou na reunião”.

O Secretário Regional também estranhou ser esta “a segunda visita” do presidente do SIM aos Açores nos últimos dois meses, exortando-o, por isso, a definir claramente “se está nos Açores a fazer campanha política pelo PSD ou a defender o interesse sindical dos médicos”.

"É importante lembrar que o dr. Roque da Cunha é um militante ativo do PSD, foi deputado na Assembleia da República, foi candidato à Câmara Municipal de Oeiras e à Presidência da Distrital de Lisboa do PSD", salientou Luís Cabral.

O Secretário Regional da Saúde considerou que as duas estruturas sindicais que estiveram presentes no encontro em Lisboa (Sindicato Independente dos Médicos e Sindicato dos Médicos da Zona Sul) são representadas por médicos e juristas que estão de boa fé neste processo e não permitirão que este assunto seja utilizado como "arma de arremesso político".



Anexos:
2014.04.17-SRS-Resposta Sindicato.mp3

GaCS